linda insta

Saúde EDIÇÃO 44 - JANEIRO E FEVEREIRO DE 2011

Chega de inchaço


Saiba como terminar com a retenção de líquidos, um tormento para as mulheres especialmente no verão

Mesmo estando de olho na alimentação e na atividade física, de uma hora para outra, o ponteiro da balança sobe. A surpresa vem acompanhada de barriga inflada, pés e pernas pesadas e aquela sensação de corpo inchado. Bingo! Você deve estar retendo líquido. E com a chegada da temporada de roupas curtas, esse inchaço pode se transformar em um peso a mais também na lista de preocupações.
De acordo com a nutricionista Gabriela Só Köhler, 24 anos, 3 anos de profissão, a retenção de líquidos é caracterizada pelo acúmulo excessivo e anormal de água entre as células do organismo. “Quando esse líquido não é eliminado através da urina, causa inchaço principalmente na barriga, pés, mãos, coxas, tornozelos e mamas”, explica. Esse acúmulo de líquidos pode fazer com que a mulher ganhe até dois quilos em um só dia. “Existem várias causas da retenção  de líquidos. Uma das principais está diretamente ligada ao uso de muito sal nas refeições. Além disso, a falta de exercícios físicos, o uso contínuo de saltos altos, problemas renais, má circulação e alterações hormonais, como o período menstrual, também auxiliam no aparecimento do problema”, observa.



Sal

Todo sal é composto por sódio. Essa substância puxa muito líquido para si com o intuito de se diluir. Com o açúcar é a mesma coisa: glicose, em excesso no sangue, também pode reter líquido. Para reduzir o consumo, comece tirando o saleiro e açucareiro da mesa. Assim, você evita abusos. Quanto ao sal, outra alternativa é usar a versão light que é composta por 50% potássio e 50% sódio. Experimente substituí-lo por limão e ervas (orégano, manjericão, hortelã...) para acompanhar a salada.















Mexa-se

Se você trabalha muito tempo sentada, levante-se a cada hora e dê uma volta. Na cadeira, suba e desça os calcanhares mantendo a ponta dos pés no chão (como se estivesse malhando panturrilhas) e gire os tornozelos.






Vá para a ginástica

A contração dos músculos pressiona os gânglios linfáticos (na virilha, axilas, atrás dos joelhos e barriga), auxiliando a eliminação de líquidos. As aulas aquáticas são ótimas, pois ativam a circulação e estimulam a diurese.



Drenagem

Essa massagem feita com manobras suaves leva o líquido acumulado entre as células até os gânglios linfáticos, espécie de canais por onde vai escoar de volta para a circulação para que seja eliminado pelos órgãos excretores. Se não tiver como ir a um especialista, faça uma autodrenagem após o banho.

1. Sentada, deslize algumas vezes as mãos umedecidas em creme do tornozelo até o joelho.

2. Em pé, repita várias vezes o mesmo movimento do joelho até a virilha, dando atenção especial à parte interna da coxa.

3. Com um braço estendido à frente, escorregue a mão oposta aberta desde o cotovelo até a axila, passando por toda a circunferência do braço.

4. Deslize as mãos (uma sobre a outra) fazendo círculos pequenos em sentido horário em torno do umbigo.



Alimentação

As vitaminas B1, B5 e B6 encontradas em grãos integrais, carne vermelha, frutas, legumes e verduras em geral, além de laticínios desnatados impedem o armazenamento de água no corpo, por isso não podem faltar na dieta. Assim como as proteínas. As de origem animal (carnes, ovos e derivados do leite) puxam água do interior das células de gordura e jogam na circulação, facilitando a diurese. E é bom saber que certos legumes e frutas são especialmente benéficos contra o inchaço por serem abundantes em água: melancia, melão, abacaxi e morango são alguns exemplos. Para evitar a retenção é importante evitar a ingestão de sucos e refrigerantes durante as refeições. Além disso, passe longe de alimentos que fermentam e provocam gases, como repolho, couve, couve-flor e batata-doce.




Beber água

Ao contrário do que se imagina, beber líquidos não vai causar mais inchaço. Isso vai estimular a função renal de filtrar os líquidos e subs-tâncias químicas do sangue e lan-çá-las na circulação, facilitando a eliminação. Mas o melhor é apostar na água, água-de-coco ou suco de fruta diluído. Isotônicos são indica-dos depois da malhação intensa, pois contêm sódio, assim como os refrigerantes.












Chás diuréticos

Os chás de carqueja e de cavalinha têm efeito comprovado, mas é bom saber que a maioria dos chás, de preferência quando não adoçados, podem contribuir para a excreção de líquidos – com exceção do chá preto, já que a cafeína tem efeito antidiurético. Mas isso não quer dizer que vale abusar. O excesso de líquidos pode provocar uma diurese forçada e acabar desidratando o organismo.









BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - (51) 3722-9600