linda insta

Gente Edição 04 - AGOSTO/2007

Uma porca na minha vida


Você já pensou em criar um porco como animal de estimação? A empresária Sandra Pfüller, 49, nunca havia pensado nisso até ganhar há três anos um de presente do seu marido, o aficionado por suínos Hiran Castagnino Kunert, 53. A Xuxinha, nome dado à graciosa porquinha que na época pesava apenas seis quilos, é criada no jardim da família. "Sempre gostei de animais, mas nunca pensei em ganhar um presente inusitado como esse. Apesar disso, adorei a idéia", diz Sandra. Xuxinha cresceu e hoje já está com cerca de 250 quilos, mas não vai virar churrasco. "Criei uma amizade muito grande com ela", promete Sandra. Além de ser o animal de estimação da empresária, a porca integra como peça viva o Museu de Suínos que Sandra e Hiran mantêm junto ao Distrito Industrial de Cachoeira do Sul.

Sandra Pfüller


Justiça com bom humor


Justiça seja feita, mas sem perder o bom humor. É assim que o juiz titular da Vara do Trabalho de Cachoeira do Sul, Carlos Henrique Selbach, 45, conduz suas audiências diariamente. Espirituoso, ele diz que durante seus 13 anos de carreira sempre manteve a mesma postura. "Uma das histórias que mais me marcou aconteceu durante uma audiência em que um casal estava pedindo indenização a uma escola de freiras e elas não queriam pagar o valor solicitado. Depois de muita conversa e nenhuma solução me virei para um crucifixo que estava na sala e disse: só me resta pedir ajuda ao Senhor para resolver esse caso. Quando virei de volta para a mesa, estavam todos rindo e finalmente as partes chegaram a um consenso", relembra o juiz. Apesar desse jeito irreverente, ele salienta que seu bom humor não tem nada a ver com falta de respeito ou autoridade. Difícil é explicar isso para quem não o conhece.

Carlos Henrique Selbach


Dose tripla


A advogada Giovana Gomes Müller, 39, está vivendo dias de estrela, já que toda a vez que sai para passear com suas filhas - as trigêmeas de sete meses Maria, Clara e Lívia - acaba virando o centro das atenções. Ela mal põe o pé para fora de casa e já começa a juntar curiosos para conhecer as meninas. "Quando saio com elas, principalmente no carrinho triplo, dezenas de pessoas me param para vê-las. Eles querem saber tudo: quantas fraldas gasto, quantos litros de leite elas tomam por dia, quem nasceu primeiro, se nos últimos meses de gestação parei de caminhar por causa do peso da barriga e por aí vai", comenta a mãe. Giovana garante que a gravidez de trigêmeas foi uma surpresa: "Não fiz tratamento para engravidar, nem tinha caso de gestação tripla na família, nunca me imaginei mãe de três bebês ao mesmo tempo."

Giovana Gomes


Terapia virou negócio


Talento é o que não falta para as artesãs Adriana Iores Cheuiche, 33, e Rosângela Baumhardt, 34. Elas conseguiram transformar seu passatempo em um negócio lucrativo. Com criatividade e bom gosto as duas produzem peças de artesanato utilizando técnicas de decoupage em alto-relevo, craquelê e pátina e exportam para o Rio Grande do Norte. "Já fazíamos artesanatos como uma terapia e então surgiu a idéia de começar a vendê-los. Então criamos uma página no Orkut para divulgar nossas peças e depois de dois dias surgiu a primeira oportunidade de negócio", contam. Depois do espaço conquistado na Região Nordeste do país, elas querem ir mais longe. A meta agora é abrirem sua própria loja em Cachoeira do Sul.

Adriana Iores
Rosângela Baumhardt






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - (51) 3722-9600