linda insta

Reportagens EDIÇÃO 46 - ABRIL 2011

A moda é fotografar


Para entrar na onda dos cliques, saiba como escolher a melhor câmera digital

Basta um movimento diferente, um lugar novo ou só um encontro e já começam os flashes. Com a popularização das câmeras digitais, dificilmente alguém não se renda aos encantos de poder eternizar momentos em apenas um clique. Mas, o que é preciso saber na hora de comprar uma câmera digital? Com tantas opções no mercado, a escolha pode ficar bem difícil e acabar sendo errada para o que seu usuário espera. LINDA elaborou com a ajuda da fotógrafa Lucimélia Pasqualin, 37, há 15 anos na profissão, um guia com o que deve ser levado em consideração na hora de comprar uma câmera. Tire suas dúvidas para começar já a fotografar.



Dando zoom

A maioria das câmeras tem dois tipos de zoom: óptico e digital. O primeiro permite aproximar ou afastar o motivo fotográfico, nos dá margem de aproximação ou afastamento. Com o zoom digital, a câmera pega apenas uma parte da imagem e amplia, desprezando o resto. Assim, se aumentamos o zoom digital estamos reduzindo a resolução total disponível, portanto, baixando a qualidade da imagem. “Recomendo que você leve em consideração apenas o zoom ótico para tomar a decisão de compra, pois é ele quem vai fazer toda a diferença. No caso do zoom digital ele só aumenta os pixels da sua foto e a deixa granulada”, ressalta a fotógrafa.


Autonomia

As câmeras digitais consomem rapidamente a vida de suas baterias, principalmente aquelas que apresentam o dispositivo de gravação de vídeo. Por isso, a melhor opção são as pilhas recarregáveis, ou me-lhor, ainda, as baterias, que costumam ter uma maior duração.


Memória

Atributos como capacidade de memória e armazenamento são itens importantes na avaliação de qualquer equipamento. Para armazenar as imagens, as câmeras contam com dispositivos internos de memória, cartões removíveis ou as duas opções. A quantidade de imagens armazenadas depende da resolução e da capacidade de cada dispositivo.


Determine para que você precisa

Um grande erro é comprar uma câmera digital com funções que vão além da sua necessidade. “Se um fotógrafo amador comprar uma câmera profissional, terá dificuldades de operar o equipamento e acabará não fazendo uso dos recursos que ela tem a oferecer”, observa Lucimélia.


O mito do megapixel

A característica mais comentada e utilizada para vender câmeras digitais é quantidade de megapixels. Entretanto, há um mito de que quanto mais, melhor. “Muitos megapixels não significam melhor qualidade de imagem, mas sim maior flexibilidade ao fazer ampliações ou cortar um detalhe da foto. Se você quer fotos 10x15 centímetros, uma câmera de seis megapixels já é suficiente”, explica a fotógrafa.


Compare e por último, faça um test drive

Antes de bater o martelo sobre a compra, o ideal é testar vários equipamentos, comparando os resultados. Essa é a melhor maneira de o usuário ter certeza de que está levando para casa um produto que vai atender as suas necessidades. “Além disso, certifique-se de que existe garantia no país para o equipamento”, ressalta Lucimélia.



Lucimélia:  “Um grande erro é comprar uma câmera digital com funções que vão além da sua necessidade”.





BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601