linda insta

Reportagens EDIÇÃO 45 - MARÇO 2011

LCD, LED ou Plasma?


Com tanta tecnologia, a escolha da nova televisão pode ficar confusa

Sem dúvida um dos produtos mais cobiçados nas listas de compras ainda é a televisão. Afinal, com ela é possível se entreter por horas, assistindo programas, filmes, shows e eventos esportivos. Os novos modelos e tecnologias já estão incorporados em nosso vocabulário, mas na hora de escolher o que levar para casa, muitos ainda se sentem perdidos com as últimas novidades. As dúvidas vão além do número de polegadas ideal para o ambiente, ainda mais porque poucos entendem a real diferença entre tela de LCD, LED e plasma. LINDA elaborou um guia com a ajuda do gerente interino da loja Deltasul, Tiago Soares D’Assunção, 25, para esclarecer as principais diferenças entre as três tecnologias e para qual tipo de telespectador elas são mais indicadas.





O que é imagem em Full HD?

Full HD significa Full High Definition, ou seja, definição máxima. A TV com esse formato possui uma resolução que permite um melhor detalhamento da imagem.









O tamanho do ambiente influencia no tamanho que o televisor terá. A distância indicada entre o sofá e a TV é quatro vezes a largura da tela. É importante medir apenas o campo de imagem horizontal sem as bordas do televisor.



Plasma

Utiliza a mesma tecnologia das lâmpadas fluorescentes, mas ajustada para as TVs. As telas de plasma foram consideradas top de linha até a chegada dos modelos de LED. Normalmente são vendidas em modelos de telas grandes, que oferecem a melhor relação de contraste, exibição de cores e uma resposta mais rápida das imagens. Em compensação, elas consomem mais energia do que as outras, além de serem muito mais sujeitas a problemas de superaquecimento. “Por essas duas desvantagens ela nem está mais sendo vendida em muitas lojas”, comenta Tiago.


LCD

São os modelos de TVs mais comuns do mercado. São capazes de produzir belas imagens, mas contam com um detalhe que pode fazer toda a diferença: como as telas de LCD não emitem nenhum tipo de luz, ela precisa utilizar recursos eletrônicos para produzir cores brilhantes. O resultado disso acaba sendo imagens menos naturais e mais opacas que as vistas nas outras tecnologias. “Mas o consumo de energia compensa, é bem menor do que o da TV de plasma”, observa Tiago.


LED

As telas LED estão caindo no gosto do consumidor, mas isso não quer dizer que tecnicamente elas são revolucionárias, como muitos segmentos do mercado vendem hoje. As telas de LED de hoje são, basicamente, telas de LCD com iluminação independente em cada ponto da tela. Assim, comparadas às telas de LCD, possuem um melhor contraste e taxa de atualização, e são muito mais adequadas para reprodução de imagens em Full HD. “Apesar delas oferecem mais vantagens na qualidade de imagem e também no consumo de energia, são as mais caras, principalmente por ser uma tecnologia mais nova que as anteriores”, explica Tiago.








EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 136 - junho de 2019

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601