linda insta

Reportagens EDIÇÃO 37 - JUNHO 2010

O que dizem as etiquetas


Embora não sejam claros, símbolos ensinam a cuidar da roupa

 

Você sabe o que significam os símbolos que aparecem nas etiquetas das roupas? Apesar de úteis, nem todos são claros o suficiente, a ponto de estarem na ponta da língua até mesmo de quem vende ou é acostumado a cuidar das peças. É comum ouvir relatos de gente que danificou uma roupa porque lavou, secou ou passou como não deveria, embora a maneira correta constasse na etiqueta. Por isso, é sempre bom dar uma conferida. LINDA preparou um pequeno manual para você evitar dor de cabeça e prejuízo.





Os símbolos usados nas etiquetas são universais e foram criados em 1975 pela Associação Internacional para Etiquetagem de Cuidados Têxteis, sediada em Paris. Os sinais são protegidos internacionalmente, seu uso é obrigatório e por aqui estão registrados na Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).








Lavagem
É sempre o primeiro símbolo que aparece na etiqueta. O valor numérico dentro do símbolo, que varia bastante, indica a temperatura adequada da água durante a lavagem:
Temperatura máxima de 40ºC. Ação mecânica de lavagem, enxágue e centrifugação devem ser feitos em velocidade normal.

 

 

 

 Temperatura máxima de 30ºC. A barra embaixo do símbolo indica que ação da máquina deve ser suave. Centrifugação também deve ser reduzida.





Indica que a lavagem deve ser manual e que o manuseio deve ser com cuidado. Temperatura da água não pode passar dos 40ºC.






Temperatura máxima de 40ºC. Duas barras indicam que ação da máquina deve ser muito suave, bem como a centrifugação. Peça não deve ser torcida.






Alvejamento
O símbolo que libera o uso de produtos com cloro pode ser tanto um triângulo vazio quanto um triângulo vazio com as letras CL dentro. Significa que pode ser utilizado alvejante à base de cloro, mas o produto deve ser sempre diluído em água fria.




O “X” sobreposto ao triângulo indica que não se deve usar alvejante na lavagem daquela peça.






Secagem

Há orientações tanto para a secagem em tambor quanto para a secagem natural. Os dois processos têm símbolos diferentes:
Indica que a peça não pode passar pelo processo de secagem em tambor rotativo.




A peça pode passar pela secadora com tambor rotativo, desde que não se use a temperatura máxima do equipamento.





Indica que a secagem deve ser feita de forma natural e com a peça na vertical, sem torcer.






Passadoria

O desenho de um ferro simboliza a passadoria com equipamento de uso doméstico, com ou sem vapor:
O “X” sobreposto ao ferro de passar indica que a peça não deve passar pelo processo tradicional nem a vapor.




A chapa do ferro deve estar a no máximo 110ºC. Uso de vapor ou prensa pode ser arriscado.






É quando se pode usar a temperatura do ferro de passar na casa dos 200ºC.





Limpeza a seco
O círculo simboliza a limpeza a seco ou então executada por profissionais. Fornece informações sobre os diferentes processos. Novamente a barra sob o círculo indica a intensidade do processo. O “X” significa que a peça não pode ser lavada a seco e que não se pode usar solventes para remover manchas.




Quer dizer que a peça pode passar pelo processo de limpeza a seco com todos os produtos normalmente utilizados.







EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 136 - junho de 2019

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601