linda insta

Reportagens Edição 185 - Dezembro de 2023

Epilação egípcia


Joice Maia é especialista em dermopigmentação e atua na área há mais de 10 anos

Técnica remove os pelos desde a raiz 

 

O mercado estético está sempre inovando, e entre tantos métodos que existem para a retirada dos indesejados pelos, um tem ganhado cada vez mais o gosto das pessoas, devido à sua praticidade. A epilação egípcia, conhecida popularmente como depilação à linha, tem efeito parecido com o da depilação à cera e arranca todos os pelos desde a raiz. 

 

“Para não causar lesões na pele, utiliza-se uma linha 100% algodão. Com os dedos, é feito uma torção na linha e, com movimentos de deslizamentos, arrancamos os pelos, incluindo os mais fininhos e difíceis de serem removidos”, explicou Joice Maia, 30, estetacosmetóloga.  

 

Segundo a profissional, as regiões do corpo mais comuns para se realizar a epilação egípcia são o buço e as sobrancelhas. Porém, é possível aplicar a técnica em outras áreas também, especialmente as mais delicadas. “As laterais do rosto são bastante procuradas. Mas tenho clientes que realizam nas axilas e já fiz em pernas e barbas de pessoas de pele sensíveis ou alérgicas a outras técnicas”, disse.  

 

 

Motivos para aderir à epilação egípcia 

 

- Não causa manchas e flacidez 

- Ajuda na remoção de células mortas e não agride a pele (ideal para peles sensíveis) 

- Remove quase 100% dos pelos da área realizada, pois as pelugens e “toquinhos” saem também, prolongando, assim, o tempo de crescimento. 

 
 
Qual a diferença entre epilação e depilação?  

Epilação é quando os pelos são arrancados com a raiz. Já depilação, é quando os pelos são aparados, sem a remoção completa deles. 





EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 190 - Junho de 2024

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9644 - (51) 3722-9600