linda insta

Reportagens EDIÇÃO 15 - JULHO 2008

Amor a toda prova


Para realizar o sonho do marido em ser pai, Glaci decidiu reverter uma laqueadura feita há 20 anos

 

Provas de amor entre pessoas que vivem um relacionamento sempre são dadas, seja da forma que for. A auxiliar de creche Glaci Grins, 41, entretanto, protagoniza uma história no mínimo inusitada. Mãe das gêmeas Angélica e Angelina, de 23 anos, há 20 ela decidiu que não queria mais ter filhos e se submeteu a uma laqueadura, cirurgia que impede a gravidez. Na época, ela estava convicta de que se fosse mãe novamente seria através da adoção de uma criança e por muitos anos manteve o mesmo pensamento até conhecer seu atual marido, o vigilante Guilherme Guedes, 24, com quem está há três anos. Mesmo tendo 17 anos de diferença de idade e ainda passar por discriminações por causa da diferença de cor do casal, Glaci decidiu que iria realizar o desejo do seu companheiro e se submeteu há dois anos a uma cirurgia para reversão de sua laqueadura. 

Três meses após o procedimento, ela começou as tentativas para engravidar, porém a primeira gestação aconteceu em uma das trompas e ela precisou de mais uma intervenção cirúrgica para poder tentar novamente. A segunda tentativa também não foi bem sucedida, Glaci perdeu seu bebê no final do último mês de maio, devido a uma má formação do feto.


 

Glaci e Guilherme: diferença de raça e idade fortaleceram ainda mais o amor do casal


 

 “Vou tentar novamente, preciso esperar mais um tempo por causa do abalo físico e mental. Sei que é uma corrida contra o tempo, mas só vou desistir quando realmente não puder mais engravidar”, observa.
Guilherme, que assiste com entusiasmo todo o esforço da esposa para lhe dar um filho, reconhece que prova de amor como essa é difícil de ser dada. “Nunca pedi para ela fazer isso, até porque não acho justo fazer uma exigência como essa, mas fico muito feliz de ela estar tentando. Se não der certo, vamos adotar uma criança e tratá-la como fruto do nosso amor”, promete.
O relacionamento com Guilherme é o desfecho feliz depois de várias histórias de desilusões amorosas vividas por Glaci. Com brilho nos olhos, a auxiliar que também tem dois netos, Pedro Alex, 7, e Nataly, 6, revela que o jovem que conheceu ao acaso quando trabalhava na Biblioteca Municipal e ele servia ao Exército mudou sua vida. “Depois de me divorciar do pai das minhas filhas, vivi outros relacionamentos, mas nunca deu certo. No início, achei que esse seria mais um, algo passageiro. Sempre soube do desejo do Guilherme em ser pai, mas pensava que isso quem realizaria seria uma jovem, alguém da idade dele e que ele viesse a se relacionar. Depois de um tempo juntos, vi que quem deveria dar um filho a ele seria eu e decidi passar por tudo isso como prova do meu amor. Ele me fez renascer e acreditar na vida a dois novamente”, conta. Os planos do casal - que já divide o mesmo teto - é casar-se oficialmente, mas por enquanto o foco são as novas tentativas para que Glaci engravide.




 

A laqueadura, segundo o ginecologista e obstetra Josué Porto Oliveira, 45 anos, sendo 20 anos de profissão


. Em termos técnicos, a laqueadura ou ligadura tubária consiste na obstrução do lúmem tubário, ou seja, ela impede o encontro dos gametas femininos e masculinos, não deixando que a gravidez seja concebida. Pode ser realizada em mulheres acima de 25 anos ou que tenham dois filhos vivos ou mais. Ela pode ser opção do casal ou ter indicação médica, onde uma gravidez futura coloque em risco a vida da mulher ou do bebê.


. Não é comum mulheres que fazem a laqueadura tentarem a reversão. Até porque nem sempre ela é reversível, depende da técnica que foi utilizada no procedimento cirúrgico. Quando há a possibilidade de reversão, geralmente se faz somente uma intervenção cirúrgica. O índice de sucesso fica em torno de 60%.


. O custo da ligação tubária e também da reversão depende das técnicas que serão utilizadas. O Sistema Único de Saúde (SUS) cobre os custos tanto da ligadura tubária como da recanalização.







EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 134 - abril de 2019

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601