linda insta

Reportagens Edição 173 - Novembro de 2022

Como ser persuasivo?


“Ajustes no próprio comportamento são fundamentais neste processo de aperfeiçoamento, que trará como recompensa a conquista de relações interpessoais mais produtivas — indispensáveis para uma carreira de sucesso”. Alessandra Haag

Gatilhos mentais para vender mais 

 

 

Seja na mídia tradicional ou no mundo digital, qualquer empresa ou empreendedor tem um único e grande objetivo em comum: criar o senso de necessidade no cliente e, assim, vender mais. Para isso, diversas estratégias são adotadas a fim de convencer o público sobre os benefícios e as qualidades daquilo que está sendo oferecido. 

 

O segredo é utilizar as técnicas certas para que a persuasão seja leve, natural e imperceptível. É o famoso “vender sem vender”, e esse tipo de comunicação faz parte do nosso dia a dia, bem mais do que você imagina. Ela está presente em momentos de negociação, feedback, relacionamentos entre líderes e liderados, networking e, inclusive, na vida pessoal.  

 

 

Psicologia da persuasão

Persuadir é o mesmo que convencer e influenciar. Nesse sentido, as estratégias utilizadas para transmitir a mensagem certa ao público buscam atrair, engajar e vender. A psicóloga cachoeirense e especialista em vendas Alessandra Haag, 50, explica que é preciso estimular comportamentos que despertem o desejo no público, como por meio da psicologia da persuasão. “Essa comunicação contempla uma postura adequada, gatilhos mentais que reverberam nas emoções e, principalmente, uma argumentação forte e lógica”, destaca. 

 

 

Seis gatilhos mentais para você aplicar 

1- Reciprocidade: entendemos que quando recebemos algo, devemos dar algo em troca. 

 

2- Coerência: é a tendência que temos de manter a nossa identidade, a imagem de quem nós somos. 

 

3- Aprovação social: quando fizemos questão de mostrar com todas as letras o resultado do serviço ou produto, através de depoimentos de quem usa o produto ou serviço. 

 

4- Afinidade: quando o vendedor estabelece afinidade com o cliente. É semelhante à empatia, mas tem um fator especial de identificação: “assim como você, eu também já passei por isso!”. 

 

5- Autoridade: quando o vendedor apresenta a sua trajetória profissional, sua expertise junto aos resultados e, assim, é escolhido pela sua credibilidade. 

 

6- Escassez: quer dizer que há pouca quantidade disponível do produto ou serviço. Desperta o gatilho de que como está para acabar, é preciso comprar rápido.  

 

 

Dica da especialista  

Segundo Alessandra, a psicologia da persuasão é uma competência importante para todos, especialmente para quem ocupa posições de liderança, cargos estratégicos e profissionais de vendas. “Como grande parte das habilidades comportamentais, essa também pode ser assimilada e aperfeiçoada”, diz.  






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 189 - Maio de 2024

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9644 - (51) 3722-9600