linda insta

Reportagens Edição 166 - Abril de 2022

Mau cheiro depois do banho?


“Os profissionais dermatólogos são os mais preparados para diagnosticar e tratar os mais diferentes problemas de pele”. Lenise Dias

Pode ser infecção na pele ou no ouvido do seu pet 

 

 

A dermatologia veterinária avançou muito para tratar os diferentes tipos de doenças de pele. Elas podem acontecer por vários motivos e causas e, por isso, um profissional especializado é sempre o melhor caminho para fornecer o diagnóstico correto. Lenise Flôres Dias, 38, médica veterinária dermatóloga, conta que investiu em sua especialização devido ao grande número de casos existentes e com sinais clínicos parecidos, o que pode confundir o tutor e até mesmo os veterinários.  

 

O profissional dessa área é responsável por realizar testes dermatológicos de pele e ouvidos, pesquisa de sarnas, fungos, bactérias, diagnóstico de tumores de pele, doenças endócrinas que podem ter manifestações cutâneas e até doenças autoimunes, como lúpus e pênfigo. Os problemas de pele mais recorrentes, segundo Lenise, são os de causa alérgica. “Eles se manifestam através da coceira, das lesões de pele, de feridas e otites frequentes. Já os casos mais desafiadores são, sem dúvidas, os endócrinos e autoimunes, pois os sinais clínicos podem ser parecidos com alergias, porém, o tratamento é totalmente diferente”, enfatiza.  

 

 
 
Alguns detalhes para observar no seu pet: 

1- Levante as orelhas e olhe lá dentro. Está vermelho? Tem secreção ou parece estar dolorido? Se sim, seu animal já pode estar com infecção nos ouvidos antes mesmo do banho. 

2- Axila e virilha vermelhas ou descamando? Sinais de alergia que podem causar odor. 

3- Dobrinhas de pele, como as do nariz e do bumbum, também podem conter infecções que causam mau cheiro.  
 
 
Em qualquer uma dessas hipóteses, o ideal é procurar um médico veterinário para avaliar. Mau cheiro, ouvidos com secreções ou dor e coceira excessiva sempre devem ser examinados! Afinal, ninguém merece ter dor, mau cheiro ou coceira! Qualidade de vida é bom para todos - nós e os pets! 
 
 
Mitos e verdades 
- Pets ficam estressados ao tomarem banho. 
Mito. Depende do pet e das experiências anteriores. Mas, em geral, eles gostam do banho por ser um momento relaxante e onde recebem massagens e carinho.  
 
Pets não precisam de banho com frequência. 
Depende de cada caso. Animais em tratamento dermatológico, por exemplo, podem precisar de banho duas vezes por semana, mas, para isso, terá indicação do veterinário. 
Os alérgicos precisam de banho sempre! O banho ajuda a hidratar a pele e retirar possíveis causadores de alergia. Portanto, a frequência vai depender de cada animal, de onde mora, onde dorme, quais os hábitos de cada família, dentre outros aspectos.  
 
Água no ouvido pode causar otite.  
Mito. Água não causa otite. Se isso fosse verdade, todos nós teríamos inflamações no ouvido cada vez em que mergulhamos na piscina ou até mesmo no banho. Animais que já têm predisposição a otites ou estão com o ouvido inflamado vão manifestar a doença, independentemente do banho. 
 
 
Os gatos são autolimpantes.  
Verdade. Gatos normais se limpam diariamente. Gatos obesos e/ou velhos, normalmente, não conseguem se higienizar de forma eficaz.  
 
Banho em pet shop é melhor que em casa. 
Nem sempre. Aqui existem muitas variáveis. Depende dos produtos utilizados, da técnica, de como é feito o processo de secagem, etc. Se for em pet shop bem conceituado, provavelmente terá um resultado final melhor e o banho irá durar mais, mas nada impede de um tutor dedicado fazer igual ou melhor. 
 
Xampu antipulgas resolve o problema por completo.  
Mito. Xampus antipulgas têm baixo poder residual, o que significa que o efeito não vai durar por muito tempo.  
 
Gatos só podem tomar banho a cada três meses. 
Depende de cada caso. Alguns podem precisar com mais frequência, por indicação veterinária, e outros nem precisar de banho. Não tem como generalizar.
 
 
 
Meu cão toma banho e logo fica com mau cheiro. O que pode ser? 
 
Um dos principais motivos para dar banho no seu pet é ele ficar cheirosinho, não é? Mas, se o banho não está “durando”, pode ser que ele esteja com alguma infecção na pele ou no ouvido. Por isso, o cheiro logo volta, já que o organismo do animal está produzindo secreções para se defender. 





EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 190 - Junho de 2024

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9644 - (51) 3722-9600