linda insta

Reportagens Edição 163 - Dezembro de 2021

Um hamster em casa


O ideal é no terrário do hamster ter um lugar reservado, pois eles adoram ficar escondidos de dia e sair para brincar à noite

Veterinário dá dicas para quem quer adotar esse animalzinho 

 

Bichinhos de estimação são ótimos companheiros para ter em casa. O mais comum é encontrarmos cães e gatos, mas há quem se identifique com outros animais, como os hamsters. Independentemente da escolha, saber as características principais e os cuidados que precisam ter para que o novo amigo se sinta acolhido é muito importante. “Antes de adotar um animal, pesquise bem e fale diretamente com um veterinário para saber se ele irá se adaptar ao seu estilo de vida”, diz Edson Salomão, 67, que é veterinário há 45 anos. 
 

Se a escolha em ter um hamster é porque ele dá “menos trabalho”, atenção! Esse animalzinho, embora se limpe sozinho como os gatos e seja independente, exige uma série de cuidados especiais. Segundo Salomão, acontece seguidamente de chegarem hamsters mutilados em seu consultório e com a saúde bastante debilitada. Isso ocorre devido à falta de informação dos donos quando adotam o animal. 
 

Linda convidou Salomão para fazer um guia rápido de cuidados para quem tem ou deseja ter um hamster em casa. Confira estas dicas e lembre-se sempre que é uma vida que está ali. Um ser com sentimentos e muito amor para dar. 

 

Animais solitários 
Hamsters não podem viver com outros da mesma espécie! São territorialistas e sempre haverá um que mandará nos outros. Isso gera estresse e diminui a qualidade de vida. Provavelmente, irão brigar ou matarem-se. Não existe nada de “fofo” em dois hamsters dormindo juntos ou se exercitando. É sinal que um deles está dominando o outro. Caso já possua um casal (o que não é recomendado) e eles tiverem filhotes, é muito importante separá-los. É comum terem ciúmes dos filhotes. 

 

Veterinário Edson Salomão explica os cuidados e responsabilidades para quem deseja adotar um hamster 

 


Temperatura 
Os hamsters são bichos extremamente sensíveis, logo, o calor não lhes faz bem, consequentemente, precisam ficar longe do sol. O frio em demasia também não é bom. No inverno, abuse da serragem e, no verão, opte por ter uma bacia com areia própria para eles.  


Pequenos, mas espaçosos
Por serem animais solitários, é preciso mantê-los entretidos e, para isso, a dica é presenteá-los com muitos brinquedos. Rodas e gangorras são maravilhosas para eles gastarem energia! Preste atenção às rodas abertas e com furos. Elas são extremamente perigosas, pois eles têm as patinhas pequenas e, muitas vezes, acabam as trancando, o que pode causar ferimentos graves. Assim, opte por rodas de acrílico. Elas também devem ser de tamanho grande, uma vez que as pequenas prejudicam a coluna do animal. A mesma atenção vale para as gaiolas. Eles precisam ter um chão sem furos para caminhar. Lembre-se também que os hamsters amam se enterrar. Por isso, coloque no espaço deles uma camada bem generosa de serragem (madeira bem fininha) ou feno (planta ceifada e seca).Vale ressaltar que existe um tamanho padrão de terrário para o hamster se sentir confortável, que é de 40cm de comprimento por 30cm de largura, e que é sempre bom ter uma gaiola extra, principalmente para o momento em que for realizada a higienização da casinha deles, o que deve ser feito com regularidade!   

 

Há várias espécies de hamster, como o sírio, o chinês e o anão russo, que é o mais manso de todos. Em geral, eles não vivem muito tempo, podendo ir de 2 até 4 anos de idade

 

Alimentação 
A dieta de um hamster deve ser composta de ração específica, além de frutas, verduras e legumes. Grãos, como milho, amendoim, trigo, ervilha, aveia e alpiste, são os ideais. As sementes de girassol são as favoritas deles, mas dê sempre como petisco, não deixe à vontade no pratinho. Ainda, dê alimentos que eles possam roer ou brinquedos específicos, pois os hamsters precisam desgastar os dentes. Se não houver isso, os dentes crescem sem parar e podem machucá-los.  

 

Estresse 
Se observar que o animal está tentando subir pelas grades, pode saber que ele está estressado. Isso ocorre quando há muito barulho por perto, quando existe mais de um hamster no mesmo local ou pelo espaço ser menor do que deveria. 






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 189 - Maio de 2024

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9644 - (51) 3722-9600