linda insta

Reportagens Edição 161 - Outubro de 2021

Mãe de quatro


“Há estudos que afirmam que ter orgasmos antes do parto pode ajudar muito no nascimento do bebê”. Juliana Spolidoro

Sexo sem neura com quatro filhos é possível? 

 

 

No dia da entrevista, Juliana estava com 16 semanas de gravidez. Ela achava que os sintomas que tinha eram por uma questão hormonal porque havia tomado a pílula do dia seguinte. “Eu estava esperando a menstruação descer para colocar o DIU e como estava demorando muito fiz o teste de gravidez e deu positivo”, conta a fisioterapeuta.

 

Quem conhece a Juliana Spolidoro, 30, e acompanha suas redes sociais já sabe a desenvoltura e o poder de conexão que ela tem com suas seguidoras. Conhecida como a “rainha das ppks”(ppks = pepecas), Ju responde diariamente dúvidas relacionadas a sexo em seu perfil no Instagram. Assunto que ainda é tabu para muita gente, ela tira de letra e consegue passar o seu recado e empoderar mulheres de uma maneira leve e engraçada. 

 

Juliana é fisioterapeuta pélvica, assina a coluna Sexo sem Neura da Linda, é casada e mãe de duas meninas. Maria Luisa, de 6 anos, e Cecilia, de apenas 6 meses. Por uma surpresa do destino, ela se descobriu grávida quando estava com 8 semanas. Mais surpresa ainda ficou quando viu na ecografia que tinha dois corações batendo. “Foi um baque. Fiquei três semanas na cama chorando e achei que entraria em depressão. Somos os primeiros, de ambas as famílias, a terem gêmeos. Inauguramos essa modalidade”, conta. 

 

Atualmente, com quase 6 meses de gestação, Ju segue influenciando mulheres e sua trajetória é seu maior exemplo e inspiração. “Ser uma mulher que se conhece e preserva a sua sexualidade não é para qualquer uma. Agora, ser uma mulher livre e empoderada, mas que também é esposa e mãe de duas meninas, é uma jornada e tanto. E essa jornada tende a aumentar”, fala Juliana, que faz sucesso com o Instagram @ppkempoderada. 

 

+ 18  

Na gravidez rola sexo?

“Rola sim e é uma delícia, porque cria uma conexão única entre o casal. Mas, lembrando, há casos e casos, e, para isso, é importante ter o o.k. do médico”. 

 

Grávida sente tensão?
“Há muita liberação de hormônios, então, a gente sente vontade. Não podemos generalizar, porque existem fatores que podem interferir, mas a minha experiência é boa”.  

 

Não há perigo para o bebê?
“Se a gravidez não for de risco, não vai machucar o bebê, mas claro, sem fazer ‘loucuras’. Principalmente se é uma gravidez de risco ou com alguma complicação”. 

 

Quais os maiores mitos da gravidez?  
“Falar que a vagina fica ‘larga’ após ter filhos é falso. O que ocorre é apenas um relaxamento vaginal. Então, não há diferença na vagina após o parto e, infelizmente, muita gente ainda acredita nessa besteira. Outro mito é que a mulher ficará com ‘cheiro de leite’! Apenas se higienizando após as amamentações já não terá mais cheiro algum. Agora, algo que muitos dizem, e que é real, é que a sensibilidade dos seios aumenta muito, até ao tocar”.  

 

Quais posições são melhores para as grávidas? 
“Depende de cada mulher, mas noto que muitas gestantes gostam da posição de quatro apoios, mais conhecida como ‘de quatro’. Uma dica que dou é fazer contrações de assoalho pélvico, que é contrair e relaxar rapidinho, assim, o movimento de ‘roçar’ da pélvis na glande do pênis ajuda ambos a chegarem ao orgasmo mais facilmente. Mas é sempre bom priorizar o sexo oral e preliminares, pois, dependendo do estágio da gravidez, fica difícil de somente com a penetração em outras posições para a mulher chegar ao orgasmo”.  


 

Para que serve a fisioterapia pélvica para gestantes?  
“Muitas mulheres têm dores, independentemente de ser parto natural ou cesárea. Antes, durante e depois, além de também poder haver dor no sexo. Por isso, se a gestante fizer movimentos de fisioterapia pélvica, ela alivia o desconforto e isso também ajuda na qualidade da musculatura do canal vaginal”.  


 

Se a gestante está bem e a gestação não é de risco, ela pode… 
“Fazer sexo anal, desde que use preservativo para evitar infecções. Inventar posições, desde que seja algo confortável para ela e o bebê. E também se masturbar”.  


 

Como fica a vida a dois com filhos pequenos e grávida? 
“Estamos na melhor fase, pois precisamos nos apoiar um no outro para não enlouquecer. Sabemos que precisamos nos unir para enfrentar tudo isso e, como estamos juntos há 9 anos, a gente se respeita muito. E não estou dizendo isso para deixar bonitinho, nem nada, é a verdade. Tem dias que temos vontade e outros não”. 



Juliana com as filhas, Maria Luisa e Cecilia e o marido Tadeu Pavin, 37 anos, empresário

“Tive alguns enjoos, mas acho que foi mais psicológico que qualquer outra coisa. Não tenho sintomas e até duvidaria estar grávida se não fosse a barrigona. A única coisa diferente que tive vontade de comer foi coração de galinha com vinagre. Se estou trabalhando, estou bem, se há algum sangramento ou complicações, fico muito pra baixo, só pensando nisso. Tenho até que diminuir o ritmo, porque meu pique é muito alto”. 






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 189 - Maio de 2024

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9644 - (51) 3722-9600