linda insta

Reportagens Edição 159 - Agosto de 2021

“Inshalá”


Muriel, desde 2019, é integrante do quadro de bailarinas da casa de chá Khan el Khalili, em São Paulo

Dança do ventre além da arte

 

 

Não tem quem não pare para admirar uma mulher que manda bem na dança no ventre. Apesar de ser mais comum entre os árabes, essa dança faz sucesso no Brasil e, lógico, na nossa cidade também. Em Cachoeira do Sul, uma pessoa em especial tem chamado nossa atenção. Ela é Muriel Mença, 28, engenheira civil e dançarina há 21 anos. “A dança do ventre tem o poder de cura, de transformação, de autoaceitação e empoderamento’’, conta ela, que iniciou os seus estudos em danças orientais aos 7 anos de idade. Ao longo de sua trajetória, já ministrou workshops no Brasil e no Uruguai e conquistou inúmeras premiações como bailarina e coreógrafa em festivais de dança do Rio Grande do Sul.

 

Mas o que tem de tão especial nessa dança? Segundo Muriel, ela é uma atividade física excelente, que ajuda na queima de calorias, aprimora a consciência corporal, desenha o corpo, ativa a circulação, massageia os órgãos internos e, claro, ajuda a combater o estresse. “Por movimentar bastante a região dos quadris, a dança do ventre aciona a pélvis, ajudando a regular o ciclo menstrual, aliviar sintomas da menopausa e auxiliar gestantes na hora do parto”, explica Muriel.






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 161 - Outubro de 2021

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - (51) 3722-9600