linda insta

Reportagens Edição 159 - Agosto de 2021

Amor após atentado terrorista


Conto de fadas: eles moravam em Cachoeira e não se conheciam. Tiveram que mudar de país e passar pelos atentados para, então, ficarem juntos

JP e a tragédia do 11 de setembro uniram casal

 

 

Quem diria que os ataques ao World Trade Center, em 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos, iriam aproximar um casal? Isso aconteceu, e a história de amor deles segue firme até hoje, tendo dado à vida a duas crianças, Laila, 16, e Luana,12. Os atentados foram notícia no Jornal do Povo, com informações sobre os cachoeirenses que estavam morando lá. Com isso, eles se conheceram e se apaixonaram.
 

Carla Rigon, 55, é master trainer em gyrotonic e gyrokinesis desde 2000 e aos 19 anos cursou Música na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). Em seguida, inscreveu-se no Centro de Dança Contemporânea Martha Graham School, em Nova Iorque (EUA), e hoje já são praticamente 30 anos morando lá. Maruan Sharif, 55, é florista há mais de 20 anos e chegou alguns anos antes no país. Ele conta que foi em busca de aventuras, sem nada muito programado.


A reportagem do Jornal do Povo que uniu o casal está emoldurada na casa deles



O xeque-mate

 

Eles sentiram que seria algo mais sério quando vieram para Cachoeira visitar as famílias e avisaram que iriam namorar por um ano para ver o que aconteceria. No ano seguinte, retornaram para se casar e, hoje, têm duas filhas. Eles moram em Nova Iorque e já começaram a pensar nos preparativos para a filha mais velha ingressar na universidade. As meninas falam fluentemente Português e Inglês, diferentemente dos pais quando chegaram ao país. 

 

Como tudo aconteceu?

 

Durante os atentados de 11 de setembro, Carla estava ajeitando a sua cozinha e pela televisão viu o que estava acontecendo. Já Maruan estava em casa, arrumando-se para trabalhar. No dia seguinte aos atentados, o jornalista Mario Martins conseguiu os contatos deles e fez uma matéria para o Jornal do Povo. Assim, Maruan ficou sabendo que tinha uma conterrânea vivendo lá também. Ele conseguiu o e-mail dela e enviou uma mensagem perguntando se ela gostaria de tomar um café, mas Carla não estava interessada em relacionamentos naquele momento. Mais adiante, recebeu uma mensagem na secretária eletrônica e era Maruan dizendo que viria para Cachoeira e indagando se ela queria enviar algo para os pais. Foi com essa “desculpa” que se encontraram. O mais engraçado dessa história é que ambos possuem a mesma idade, nasceram com dias de diferença, estudaram na mesma escola, na mesma época e o meio-irmão de Maruan conhecia o irmão de Carla, além de outras coincidências, mas, mesmo assim, jamais haviam se visto.



Carla, Maruan e as filhas Laila e Luana






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 161 - Outubro de 2021

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - (51) 3722-9600