linda insta

Reportagens Edição 147 - julho de 2020

Três é bom DEMAIS!


Gravidez tripla: “Nos deixou mais unidas que nunca”, dizem as irmãs Andressa, Jessica e Alexia, junto da mãe Regina / Vanessa Soares

Três irmãs grávidas ao mesmo tempo 

 

Imagine a seguinte situação: você está nos preparativos para contar a gravidez para sua família e, então, descobre que suas outras duas irmãs também estão grávidas. As meninas que dividiram as bonecas, pais e segredos, agora dividem a mesma alegria de se tornar mãe. Essa poderia ser uma história digna de um roteiro de filme, mas aconteceu aqui, em Cachoeira do Sul, com a família Gravins Jaeger. Isto, sem que combinassem e em ordem decrescente de idade: primeiro foi a vez de Alexia, que ganhou Maria Clara no dia 23 de julho, depois de Jessica, 28, grávida de Pedro Heitor e, por fim, Andressa, 33, que está à espera de Ana Júlia. A Linda conversou com elas!
 
 
PRESENTE SURPRESA 

Passado um ano e meio da graduação, Alexia descobriu a gravidez ao acaso, logo ao suspeitar de uma possível virose ao passar mal com um salgadinho de coxinha. “Nisso, minha mãe (Regina Gravins, 56) já estava desconfiada falando que eu estava grávida. Juntei com a minha menstruação atrasada e resolvi fazer os testes e o positivo veio (risos)”, conta. Ela sempre teve o sonho de ser mãe, mas não planejava para agora. “Tenho certeza que minha filha veio no melhor momento. Poder dividir este momento com as minhas irmãs, de sermos mães juntas, nos proporciona ainda mais felicidade”, conclui ela.
 

MAIS ALEGRIA 

Planejada há um ano, Andressa Lisiane Gravins Jager, 33, empresária, está no quinto mês de gestação, mas diz ter tomado um “belo susto” com o resultado positivo, devido à sua rotina corrida e prolongada. Casada há 10 anos com o empresário Edison Júlio Killian Costa, 39, o casal, que reside em Porto Alegre, aguarda a chegada de Ana Júlia para novembro. “Estamos todos felizes, e dividir este momento com minhas irmãs, apesar de estar longe, é maravilhoso”, fala Andressa.
 

PRIMEIRO MENINO DA FAMÍLIA 

Jessica Gislaine Gravins Jager, 28, auxiliar administrativo, está no oitavo mês de gestação. “Eu não desconfiava até o dia que fiz o teste. Acordei mal e achei que tinha sido por ter me alimentado mal um dia antes. Estava sozinha, indo trabalhar, mas antes comprei um teste e fiquei apavorada quando deu positivo. A mãe achava que era mentira quando eu contei que estava grávida, pois minha cara contando a ela era de choque”, conta, aos risos. 
 
Pedro Heitor, previsto para nascer no final de agosto, é o primeiro menino da família. Junto do cônjuge Joceli Mendes da Rosa, 35, policial militar, Jessica aguarda ansiosa a sua chegada, que deverá ser por meio de um parto natural. “Eu não pensava em ser mãe agora, mas, depois, é um amor que cresce junto com a barriga”, diz Jessica, feliz por proporcionar à mãe Regina, junto às suas irmãs, a realização do sonho de se tornar avó, triplamente. “Temos um grupo (no WhatsApp) onde dividimos tudo, dicas, dores e sentimentos...”, completa. 


CHARREATA 
 
Devido à pandemia, as irmãs precisaram se adequar a estes novos tempos durante a gravidez. Alguns planos tiveram de ser adaptados, como o clássico chá de bebê. O que Alexia e Jessica não esperavam é que elas receberiam uma charreata (carreata de chá de bebê) surpresa, organizada por amigos e familiares, no dia 17 de maio. “Foi tudo lindo e ficamos felizes por saber que temos com quem contar nesse momento único, mas complicado”, contam elas.

 
! Este não é o primeiro caso de uma gravidez conjunta ao acaso na família: Regina (avó das crianças) e sua irmã, Jose, 49, engravidaram juntas. Jose, que reside em Porto Alegre, é mãe de Anderson, com apenas 22 dias de vida de diferença de Andressa. 





BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - (51) 3722-9600