linda insta

Reportagens Edição 144 - março de 2020

Jovens empreendedores


Cachoeirenses inovam e conquistam espaço no mercado  

 

 

Lucas Dorneles, Ilvana Oliveira e Gustavo Trindade, sócios-proprietários da Garrão de Potro: “Buscamos o constante aperfeiçoamento de nossos produtos” 

 

 

Nossa terra é repleta de gente que se supera, se reinventa e corre atrás de suas metas. Seja qual for a idade, situação econômica ou formação acadêmica, conterrâneos se aventuram no empreendedorismo, criam novas marcas e as transformam em negócios lucrativos e bem-sucedidos. Muitos desses são jovens, que encontram aí um meio de subsistência, de autorrealização e de ver Cachoeira do Sul prosperar. A Linda traz sete grandes exemplos! 

 
 
OFICINA DE ALPARGATAS
Um time de empreendedores encontrou um modelo de calçado versátil, obra-prima das marcas Garrão de Potro (loja on-line e fábrica) e a Garrão Conceito (loja física). A primeira, iniciada em 2015, voltada a um público tradicionalista, e a última, a Garrão Conceito, inaugurada há cinco meses, atende a um público eclético. Com foco na confecção e venda de alpargatas exclusivas, a Garrão atende clientes de todo o Brasil e do exterior, como Portugal.
À frente da empresa estão: o diretor-geral Lucas Cabral Dorneles, 35, e os administradores Ilvana Ribeiro Oliveira, 30, Gustavo Freitas Trindade, 32, e Glademir Barth Martins, 27. 
 
 
Chay Pedroso, da Kay Malhas: “A marca se solidificou tornando realidade o sonho de se expandir no país”
 
FÁBRICA DE BIQUÍNIS 
 
Ao retornar à cidade em 2013, a empresária Chaiane Pedroso, 32, a Chay, se lançou no comércio de moda fitness, até se expandir para o ramo de moda praia, revendendo marcas por quatro anos. “Vi que o mercado estava com baixa qualidade e preços elevados, foi então que em 2017 decidi unir qualidade e preço e iniciei minha própria fábrica de biquínis”. Assim, Chay fundou a marca própria Kay Malhas, com vendas em atacado e varejo para todo o Brasil. 
 
 
“Tinha certeza que daria certo”, diz Tiago Leite, da Super Pro Tapetes

REFERÊNCIA EM TAPETES 
 
Com experiência no comércio, Tiago Leite, 33, decidiu empreender e apostar em um ramo familiar: a tapeçaria. À frente da Super Pro Tapetes, a empresa tem dois anos de mercado e configura no ranking nacional de vendas de fábrica. “São mais de 300 distribuidores no Brasil e nós estamos presentes no top 30 em vendas, estando no último semestre entre os 10 maiores em vendas”, comemora.
“Acredito na qualidade do produto que temos para empresas e apostei no atendimento e na relação com os clientes”, conta ele, que trabalha em home office (escritório em casa), com agendamentos de visitas a uma condição diferenciada. 
 
 
Juliano Dias e Juliana Ellwanger, à frente da CHOOSE Trends: “A cidade tem muito a ganhar com novas ideias” 
 
CALÇADOS E ACESSÓRIOS
 
Com a premissa de trazer a Cachoeira um conceito de butique de grandes cidades, o casal Juliano Dias (33) e Juliana Ellwanger (32) abriram a CHOOSE Trends há quase um ano. Ele, designer de formação, com experiência na indústria calçadista e marcas internacionais. Ela, graduada em Fisioterapia e apaixonada por moda e tendências. De volta à cidade, eles uniram suas potencialidades para investir em um negócio próprio e iniciar uma nova trajetória. 

 
Lisiane Savegnago, da Lisi Animações: “É o que mais amo: emocionar e encantar crianças” 

ANIMAÇÃO INFANTIL 
 
Inspirada pelo canto desde a infância, a farmacêutica Lisiane Streb Savegnago, 36, aderiu à animação infantil e à caracterização. De apresentações no Carnaval da Sociedade Rio Branco, aos poucos, Lisiane viu-se aderindo a um novo ramo. 
“Em 2017, uma mãe perguntou-me se eu poderia participar da festa de aniversário de sua filha. Com o tempo, outras mães se encantaram com a proposta e foram me chamando”, diz. Assim, ela decidiu inaugurar a Lisi Animações, projeto de apresentação musical temática, que agora conta com a parceria da escola de inglês Hey Peppers. 
 
 
“Cresce cada vez mais a clientela”, comemora Luciana Pötter
 
PERSONAL SHOPPER 
 
Após atuar na área de vendas e abrir e fechar um negócio próprio, Luciana Pinto Alvares Pötter, 39, decidiu seguir a carreira de personal shopper, profissional especializada em moda e compras. Administradora de formação, Lu tem cinco anos de atividade e atende mais de 200 clientes por mês”.
“Minhas clientes têm toda comodidade de serem atendidas em sua casa ou trabalho. Ofereço ajuda na escolha das peças, com condição de pagamento e atendimento diferenciados”, conta ela, que neste ano pretende expandir o rol de parceiros em busca de mais opções e produtos. 
 
 
Gabriele Schmidt, do Feito A Mão: “Comecei a pintar as paredes de casa e logo vi uma boa oportunidade de negócio”
 
FEITO A MÃO 
 
Motivada pela tão sonhada independência financeira, a estudante de Arquitetura e Urbanismo Gabriele Schmidt Fagundes, 23, uniu o útil ao agradável ao criar uma oportunidade de negócio conciliando talento e criatividade aos estudos. Através do ‘hand lettering’, técnica que consiste em desenhar letras e mensagens, Gabriele inaugurou o Feito A Mão: projeto artístico desenvolvido em residências e estabelecimentos comerciais da cidade. 





BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - (51) 3722-9600