linda insta

Reportagens Edição 141 - novembro de 2019

Jovem aprendiz


Programa facilita o ingresso de jovens no mercado de trabalho


 

“Uma pessoa que se qualifica e se especializa, certamente conquistará uma carreira profissional de sucesso”


 
O desemprego entre os jovens é superior ao dobro da taxa geral, segundo dados do IBGE de 2018. A baixa escolaridade e a falta de experiência e qualificação são apontados como alguns dos principais motivos entre os candidatos. Para reverter essa situação, o programa Jovem Aprendiz é um ótimo aliado. Isso porque ele oferece cursos de aprendizagem profissional visando a capacitação do jovem contratado pelas empresas por meio do desenvolvimento de competências para a inserção no mundo do trabalho, como explica a diretora do Senac Cachoeira do Sul PATRICIA NARESSI DOS PASSOS, 30. Saiba mais!  
 
 
 
{Não é o Senac que contrata o jovem aprendiz, mas sim a empresa que assina a carteira do jovem. É ela que encaminha esse aprendiz ao Senac para a realização do curso.}

 
 
O QUE É 

O programa Jovem Aprendiz possibilita que estudantes ou recém-formados no ensino médio com idade entre 14 e 24 anos tenham a chance de receber conhecimento técnico e trabalhar com carteira assinada, remuneração, férias e outros benefícios dos celetistas. Após o término, o estudante conclui o programa capacitado para exercer funções profissionais.
 
“Essa idade máxima de 24 anos não se aplica a aprendizes com deficiência, que poderão participar do programa a qualquer tempo após 14 anos completos. Para participar do Jovem Aprendiz é necessário que a empresa indique o aluno ou o selecione a partir do cadastro de inscritos no Senac”, esclarece.
 
 
COMO FUNCIONA 

Os cursos são gratuitos para os alunos e possuem carga horária de 1,1 mil a 1,6 mil horas divididas em aulas no Senac - desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes básicas para formação e ocupação conforme o plano de curso - e prática profissional - supervisionada em empresas parceiras. Jovem aprendiz é diferente da função de estágio. 
 
“Grande parte dos jovens ingressos no programa utiliza a remuneração para se desenvolver, realizando cursos técnicos de idiomas ou em alguma área específica. Certamente estes jovens se destacarão no mercado de trabalho, pois aumentam as chances de serem efetivados na empresa que estão ou de ingressarem em outras”, destaca.
 

 
DIZ AÍ 

A experiência de quem já passou pelo Jovem Aprendiz
“Participei do Jovem Aprendiz em 2016 e ele abriu as portas do mercado profissional por me fazer amadurecer e me capacitar. Trabalhei na Rede Tischler e hoje sou funcionária do HCB”
Gabriela Plate Klusener, 21, atendente de farmácia, com dois anos e meio de atuação 
 
“Entrei no Jovem Aprendiz em 2018 e comecei a ter uma visão mais madura do mercado de trabalho. Sem ele seria bem difícil de conseguir uma experiência profissional”
Jeferson Nunes da Silveira, 20, auxiliar de hortifrutigranjeiro, sendo um ano de atuação 





BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - (51) 3722-9600