linda insta

Reportagens Edição 135 - maio de 2019

Hospital de BONECAS


Artesã desenvolve projeto de reparo de bonecas no país 

 

Fazer curativos, consertar defeitos e melhorar a aparência. Essa poderia muito bem ser a função de um profissional da área da saúde ou estética, mas é uma artesã que vem ganhando fama nacional desenvolvendo este trabalho em Cachoeira do Sul. Arlete Costa, 57, técnica em enfermagem aposentada, é idealizadora de um projeto de reparos estéticos e confecção de roupas e sapatos de bonecas há um ano. Tudo começou pelo seu hobby como colecionadora. 

 

“Uma colecionadora conseguiu resgatar uma boneca de infância, porém, ela não tinha a roupa e perguntou se eu conseguiria fazê-la, daí fui atrás do catálogo, vi o modelo e o tecido mais próximo e fiz a roupinha. Ela postou nos grupos de bonecas e o pessoal ficou interessado, achou muito bonita e parecida com a original”, conta ela. Assim, Arlete passou a fazer encomendas para todo o Brasil, atendendo em seu ateliê anexado à sua residência clientes também de estados como Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.


“Faço réplicas de várias roupas das bonecas da marca Estrela, conforme os clientes encomendam. Como são bonecas antigas, muitas roupas se desgastaram com o tempo”, diz a artesã, que recorre a um catálogo das décadas de 60 a 80, além de trocar contato com colecionadores parceiros que enviam registros e medidas das bonecas, “tudo para que as réplicas fiquem o mais próximo possível do modelo original”, completa ela. O seu trabalho inclui a limpeza de peças, implante de cabelo e retoque de maquiagem, entre outros reparos específicos.

 

RESGATE DA HISTÓRIA

Conforme Arlete, as bonecas antigas são carregadas de histórias e sentimentos. “Uma história que me marcou foi a de uma senhora que presenteou sua sobrinha com uma boneca Gui Gui nos anos 60, a qual cuidou dessa boneca até seus 32 anos. Porém a moça veio a falecer, então a tia continuou com essa boneca guardada como lembrança. Ano passado, por motivos de doença de sua irmã (mãe da sobrinha), ela decidiu vender a boneca para ajudá-la com o valor adquirido. Disse que venderia por uma boa causa, que com certeza quem comprasse a boneca cuidaria com o mesmo carinho”, recorda-se.

 

 

São aceitas doações para o acervo particular de Arlete. Encomendas também poderão ser feitas através de seu perfil no Facebook, Arlete Costa. !

 

 






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 136 - junho de 2019

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601