linda insta

Reportagens Edição 133 - março de 2019

A NOVA FACE DA ODONTOLOGIA


Harmonização orofacial combina procedimentos faciais e tratamentos odontológicos

 

 

“A harmonização orofacial atua por meio de vários procedimentos reversíveis com materiais biocompatíveis que devolvem a função e a forma da face após a reabilitação do sorriso”, esclarece a cirurgiã-dentista Christianne Feldmann

 

O segmento da estética está em alta na odontologia e a harmonia é o conceito da vez. Além de cuidar da saúde e da estrutura bucal, o público se demonstra preocupado com o equilíbrio estético do conjunto da face. Essa demanda, por sua vez, é compreendida pela harmonização orofacial, um conjunto de procedimentos estéticos realizado por cirurgiões-dentistas capacitados e especializados que visa harmonizar e integrar a estética do rosto (lábios, funções musculares e marcas de expressão) com a boca (dentes e gengivas). Esse profissional da saúde possui pleno conhecimento sobre a face, capaz de atuar também na estética, explica a cirurgiã-dentista CHRISTIANNE FELDMANN, 47, com 23 anos de formação, atuando há três na área de harmonização orofacial.

 

 

PRÉ E PÓS-TRATAMENTO

O pré-diagnóstico é feito com anamnese (entrevista) e exame clínico com base na queixa do paciente. O pós prevê a restrição total de exposição ao sol por 48 horas e de atividade física nas primeiras 24 horas, além do uso diário de protetor solar, explica a cirurgiã-dentista. A duração média do preenchimento é de 10 meses e da volumização é de 18 meses. O efeito do botox é de no máximo seis meses. A hidratação segue o protocolo de tratamento.

CONTRAINDICAÇÕES

“Grávidas e lactantes não devem fazer harmonização orofacial, quem tem problema de tireoide não deve fazer lipo enzimática de papada, quem tem doença autoimune não deve usar ácido hialurônico. A idade, a flacidez dos tecidos e infecções locais também devem ser avaliadas com atenção”, salienta Christianne.

SAIBA MAIS

Christianne Feldmann é mestre e especialista em ortodontia pela PUC-RS (2000) e pós-graduanda em harmonização orofacial pela Odontopartners/Uningá, de São Paulo. Atua como coordenadora do curso de pós-graduação em Ortodontia da escola Advanceh, de Santa Cruz do Sul, onde é professora dos cursos de pós-graduação de Ortodontia e Harmonização Orofacial.

 

 

PROCEDIMENTOS
Os procedimentos faciais são todos feitos em consultório, pois são pouco invasivos quando comparados às cirurgias plásticas hospitalares. Conheça as principais técnicas utilizadas:

* Toxina botulínica tipo A, conhecida como botox (Allergan) - Indicada para amenizar rugas dinâmicas com a paralisação muscular, atenuar dores musculares decorrentes do bruxismo, em casos de assimetrias musculares e para diminuir o excesso de salivação em pacientes com doenças neurológicas, mal de Parkinson e autismo. A neurotoxina também é indicada para prevenir que rugas dinâmicas se acentuem e se tornem definitivas.

 

* Lifting de terço inferior - Aplicado no terço inferior da face, relaxa músculos que fazem a boca ter aspecto triste (cantos virados para baixo), queixo contraído e o músculo platisma.

 

* Ácido hialurônico - Proporciona hidratação, preenchimento e volume para mandíbula (mento, base e ângulo) e malar e preenchimento para lábios, olheiras, “bigode chinês” e “marionete”.

 

* Lipo enzimática - Reduz a papada e a gordura submandibular.

 

* Microagulhamento e fios lisos de PDO - Estimulam a produção de colágeno.

 

* Bioestimuladores (Ellansé) - Estimulam a produção de colágeno e a reposição do volume.

 

* Fios faciais de sustentação (Silhoutte e Mint)- Associados a outros procedimentos, podem fazer um lifting facial.

 

* Proporciona rejuvenescimento da face, elimina rugas e flacidez, remove o excesso de pele e resgata e aprimora os contornos faciais.

 

* iPRF - Avançado processo de regeneração para pele e tecidos. Consiste em aplicar proteínas com  fatores de crescimento celular do próprio paciente, estimulando a regeneração celular, a produção de   glicosaminoglicanos, fibras colágenas e elastina. Ainda para a obtenção de maiores resultados, pode-se utilizar aplicação de ozônio sozinho ou associado ao iPRF. 

                                  

Fonte: Christianne Feldmann






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 137 - julho de 2019

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601