linda insta

Reportagens EDIÇÃO 09 - JANEIRO 2008

Vida de cão


Assim como seus donos, os cachorros precisam de cuidados na higiene para manter a saúde

 

Vida de cão não é tão fácil quanto parece. Assim como seus donos, esses animais domésticos também precisam de cuidados com a higiene para permanecer saudáveis. A boca é uma das partes do corpo que mais pede atenção, já que é a principal porta de entrada de bactérias que podem facilmente serem transmitidas para os membros da família que convive. De acordo com o veterinário Edson Salomão, 53 de idade e 31 de profissão, os cachorros, assim como os seres humanos, têm dor de dente e acúmulo de tártaro, o que causa problemas principalmente nas gengivas.
“Doenças dentárias atingem a maioria dos cães e a incidência pode aumentar de acordo com a alimentação dos animais. Além de sofrerem ainda podem transmitir doenças para seu dono e pessoas com quem convive. Cuidar da higiene do cão é zelar pela higiene da família, já que em geral os cachorros gostam muito de lamber quem os cerca”, alerta. Escovar os dentes do animal no mínimo três vezes por semana com produtos apropriados para uso em cachorros é a recomendação do veterinário para evitar doenças.


Ana com Dara: escovações diárias após o almoço e jantar


“Muitos cães podem não gostar deste tipo de limpeza, por isso é importante que o dono transforme as escovações em um hábito desde o primeiro ano de vida do animal”, explica. Quem não conseguir desempenhar essa tarefa deve levar o cão a cada seis meses para que o veterinário possa fazer a limpeza de tártaro e verificar a saúde bucal do bicho. Entre as raças com maior pré-disposição ao acúmulo de tártaro destacam-se as de pequeno porte como yorkshire, poodle e pinscher. Segundo Salomão, é muito difícil convencer quem tem um cachorro dessa necessidade de higiene com os dentes. A professora Ana Cantarelli Drews, 58, é uma das poucas que segue as recomendações do veterinário e ainda vai mais longe: ela escova duas vezes por dia os dentes da Dara, sua cadela da raça schinauzer, de dois anos. “Além de prevenir doenças e mau cheiro, ainda proporciono bem-estar para ela”, diz Ana.



 

Hábitos de higiene que podem melhorar a vida dos cães


Dentes
Eles devem ser escovados no mínimo três vezes por semana. O cão também precisa ir a cada 18 meses ao veterinário para fazer limpeza de tártaro.


Banhos
Eles não devem tomar banho antes dos dois meses de idade, depois disso o banho poderá ser dado a cada 15 dias. No verão essa freqüência pode aumentar, mas não deve passar de um banho por semana.


Pelagem
Além de deixar os animais com um aspecto limpo e saudável, escovar os pêlos ajuda a detectar problemas como dermatites ou infestações por parasitas. Habituá-lo à escovação ainda pode deixá-lo mais calmo.


Ouvidos
Também é necessário cuidar regularmente da limpeza dos ouvidos do seu cão, utilizando um cotonete ou uma mecha de algodão. É importante ter cuidado para não causar nenhuma lesão no animal.


Corte de unhas
Além de prevenir o acúmulo de sujeira, cortar as unhas dos cachorros evita arranhões e machucados durante as brincadeiras com familiares. É importante cuidar para não cortar demais, causando hemorragia no animal.






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 136 - junho de 2019

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601