linda insta

Reportagens Edição 56 - março de 2012

Do you speak English?


Referência na comunicação, tanto em negócios quanto no lazer, a língua inglesa é essencial no dia a dia

O inglês está em todo lugar. No nome de lojas e de produtos, nas músicas, nos programas de televisão, na moda e, claro, na internet. E isso não acontece só no Brasil. O mundo atual, ou pelo menos o mundo ocidental, está conectado por meio da língua inglesa e saber se comunicar nesse idioma pode ser decisivo para a vida profissional. “Independentemente do que você faz ou de que cargo você ocupe, por mais que a sua atual empresa seja nacional ou mesmo seu cargo não tenha uma interface com outros países, o mundo está globalizado e você vive nele”, observa a sócia-proprietária da Yázigi em Cachoeira do Sul, Gisela Berlesi, 25 anos de idade, cinco de atuação no ramo.
Na vida pessoal, essa segunda língua também tem papel importante. “Muitas pessoas, por exemplo, têm TV a cabo, mas não podem assistir aos noticiários porque não entendem inglês. Ou adoram uma música, mas não compreendem seu significado”, completa a também sócia-proprietária da Yázigi Eliane Silveira, 28 anos de idade, oito de atuação no ramo.
Diante de tanta importância, então qual é o melhor método para aprender essa segunda língua? Tanto para adultos como para crianças, o melhor método é aquele que motiva o aluno a aprender. “E não pensem que só porque já se é adulto que o aprendizado será difícil. Apesar de ser mais indicado começar os estudos até os oito anos, a aprendizagem acontece em qualquer idade, bastam esforço e motivação”, explica Eliane.
TEMPO DE DURAÇÃO – O domínio da língua depende dos objetivos de cada um e também do esforço para o aprendizado. Uma pessoa que quer aprender inglês para viajar vai dominar a língua mais rapidamente – um ou dois anos de estudo é o suficiente. Já alguém que precisa da língua para dar uma palestra em uma universidade, por exemplo, pode precisar do  curso completo, que tem duração de seis anos. Isso porque a palestra exigirá um maior vocabulário e um registro mais formal da língua. “Claro que isso não é regra. Dentro deste contexto vão influenciar também o esforço empregado e as horas de estudo, o que pode até mesmo inverter a equação – quem precisa dar a palestra pode aprender mais rápido do que quem quer viajar”, ressalta Gisela.



Seu cérebro agradece


De acordo com um estudo da Universidade York, de Toronto, no Canadá, falar mais que uma língua aumenta as capacidades mentais. Aprender outra língua, especialmente na idade adulta, tem efeitos positivos sobre o cérebro, atenuando o processo de deterioração mental. “Alem disso, aprender uma segunda língua faz com que a pessoa entre em contato com novas culturas, ampliando os seus horizontes, descobrindo que há diferentes maneiras de fazer as coisas e de pensar”, observa Eliane Silveira.








Os valores dos cursos de inglês variam de acordo com o nível de ensino em que o aluno se encontra. Para iniciantes, o valor cobrado na escola Yázigi parte de R$ 150,00 mensais.









Eliane e Gisela: aprender inglês se tornou fundamental no mundo globalizado







Onde estudar inglês em Cachoeira do Sul

. Fisk Centro de Ensino - Rua Marechal Floriano, 180.
   Telefone 3723-8677. E-mail: fiskcachoeira@brturbo.com.br 
. Yázigi - Rua Pinheiro Machado, 631.
   Telefone 3722-2736. Site: www.yazigi.com/cachoeiradosul 
. YouMove - Rua 15 de Novembro, 679. Telefone 3724-1272
. Lesson Idiomas - Rua Marechal Floriano, 125.
   Telefone 3722-5122. Site: www.lessonidiomas.com.br
. Wizzard Idiomas - Rua Comendador Fontoura, 182.
   Telefone 3723-4054. Site: www.wizard.com.br





EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 136 - junho de 2019

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601