linda insta

Reportagens Edição 53 - novembro de 2011

Amigo na hora certa


Seu filho pequeno vive pedindo um cão? Saiba quando atendê-lo e qual a melhor raça para ele

É difícil encontrar uma criança que não sonhe em ter um bichinho de estimação e na lista dos pequenos, os cães geralmente são os preferidos. Para os pais, o pedido pode virar sinônimo de dúvida: qual a hora certa de ceder ao apelo do filho e lhe dar o tão pedido animalzinho de estimação. O contato entre criança e bicho pode ser estabelecido desde os primeiros anos. Entre outras coisas, ajuda a ampliar o senso de responsabilidade dos pequenos, que, aos poucos, colaboram na rotina de cuidados com a mascote.
Entretanto, é importante os pais lembrarem que os bichos não são brinquedo e geram custos que não são conhecidos pela criança que pede o animalzinho. Se no momento o orçamento da família não comporta esses gastos, sempre que o filho pedir um bichinho, não o iluda dizendo que irá pensar no assunto. Explique as razões com argumentos claros. Para compensar, sempre dê a ele a oportunidade de manter contato com a natureza: leve-o ao zoológico, a parques ou simplesmente até ao vizinho que tem um cão. Já se depois de avaliar, acredita que a ideia de ter um cãozinho é viável, confira as raças mais indicadas para os pequenos, de acordo com o veterinário Ricardo Caputi de Campos, 31, sendo oito de profissão.





Labrador


Alegre, flexível e grande amigo, o labrador tem disposição de sobra para brincadeiras. A inteligência e o temperamento estável estão entre as características dessa raça. Por ter muita energia ele precisa de espaço para gastá-la, seja correndo no pátio, nadando ou se entregando às brincadeiras.










Yorkshire

Simpático e afetuoso, ele é dono de uma personalidade marcante. É um bom amigo para crianças maiores, com cerca de oito anos, pois já podem entender a importância de respeitar seu porte delicado. Como adora brincar pela casa, o yorkshire só precisa de passeios curtos para atender às necessidades de exercícios.












Golden Retriever

A docilidade, o charme e o potencial afetivo fazem dele um dos companheiros preferidos em todo o mundo. Mas, para dar amor, ele também precisa receber. Por isso só se realiza ao interagir constantemente com adultos e crianças. Muito inteligente, aprende tudo rápido.











Linguicinha


Oficialmente chamado de dachshund ou linguicinha, o famoso teckel é alegre, corajoso e devotado, mas às vezes age com teimosia. Por isso, imponha limites desde cedo. A coluna vertebral longa pede atenção na hora de pegá-lo no colo. O ideal é levantá-lo firmemente pelo cangote com uma das mãos, apoiando com a outra o corpo dele logo em seguida, uma tarefa indicada para adultos ou crianças maiores. A tendência a engordar pode ser controlada com caminhadas, brincadeiras e alimentação adequada.







Boxer

Tem um jeito bem-humorado e é tolerante com crianças e adultos. Para educá-lo nas regras da família, os donos devem dosar firmeza e carinho. Bastante dinâmico, o boxer precisa gastar as energias com longas caminhadas diárias e exercícios, como buscar brinquedos.











Poodle


Os poodles são brincalhões e inteligentes. Adaptam-se bem em ambientes pequenos como, por exemplo, apartamentos. Eles, em geral, são uma excelente companhia para as crianças. Topam qualquer brincadeira sempre com muito entusiasmo.  Gostam e necessitam muito de companhia, principalmente do dono.













EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 134 - abril de 2019

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601