linda insta

Reportagens EDIÇÃO 52 - Outubro de 2011

Chega de mimo!


Impor limites e regras é tarefa que precisa ser cumprida com seriedade pelos pais

Dizer não ao filho, uma das tarefas mais difíceis na criação deles, principalmente quando os pais passam muito tempo fora de casa. Entretanto, essa é uma missão que precisa ser encarada com seriedade. “Ou corre-se o risco de criar uma criança mimada e que não aceita ser contrariada podendo se tornar até mal educada”, explica a pediatra Josane Freitas Caldas Dutra, 51 anos de idade, 25 de profissão. Para quem não consegue se impor é importante avaliar o motivo dessa dificuldade e criar formas de driblá-la. “Afinal, no futuro é o seu filho quem vai pagar as consequências de uma criação sem freios”, ressalta. Confira as sete soluções práticas apontadas pela profissional para corrigi-los a tempo e não sofrer no futuro.







1 Evite fazer para as crianças aquilo que elas podem realizar sozinhas. Em algumas tarefas, basta a supervisão de um adulto. Assim, elas começam a pensar mais, aumentam sua autoestima, crescem de forma saudável e têm respeito pelos outros.

2 É preciso dizer não. Só assim eles começarão a se acostumar com as frustrações da vida. Falar sempre sim pode a fazer pensar que pode tudo e até a criar um mundo de fantasia. É importante deixar claro que ninguém tem tudo da vida.

3 Educar é tarefa dos pais, então não pense que os meios eletrônicos, como televisão e internet, podem fazer isso. Afinal, nem sempre as informações passadas estão de acordo com a formação do caráter que os pais querem para seus filhos.

4 As crianças precisam ser educadas para res-peitar hierarquias e isso começa com o respeito pelos próprios pais. É importante deixar claro que precisam ser respeitados pelo fato de ser pai e mãe e não porque são responsáveis pelo sustento da criança.

5
O fato da criança frequentar a escola não exime os pais da responsabilidade de educá-las e impor limites. O tempo que a criança passa no colégio é importante para o desenvolvimento, mas é em casa que ela precisa aprender, por exemplo, quando é hora de dormir, de comer ou de brincar.

6 As mães não devem se sentir culpadas, seja qual for o motivo: trabalho, falta de tempo, etc. Isso acontece muito porque boa parte das mulheres se lembram da infância onde a mãe podia estar mais presente, entretanto, a criança de hoje já nasceu nesse contexto e precisa se adaptar. Não é a quantidade de tempo que influencia na educação dos pequenos e sim a qualidade do tempo que os pais dedicam a elas.

7 Pais, avós e parentes próximos possuem a figura da autoridade e são responsáveis pela criação dos mais novos. A família é o exemplo para as crianças, o que elas assistem e aprendem em casa irão repetir na vida.





EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 136 - junho de 2019

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601