linda insta

Reportagens EDIÇÃO 51 - SETEMBRO 2011

Etiqueta para as crianças


Ensinar seu filho a se portar, especialmente na hora da refeição não é frescura

Será que criança precisa de regras de etiqueta? É claro que sim. É de pequeno que se aprende o que não será esquecido para o resto da vida e um dos momentos que mais pede boas maneiras é durante a refeição. Falar mastigando a comida não pode. Comer de boca aberta, nem pensar. Levantar no meio da refeição sem pedir licença está fora de cogitação. De acordo com a proprietária da agência Top Model, Rosimere Moraes, 45, ensinar as crianças como se comportar à mesa pode exigir paciência - e muita insistência - mas vale a pena. “Quando crescer, ele terá desenvoltura para lidar com todo tipo de situação: de jantar romântico até almoço de negócios”, ressalta.




EVENTOS FORMAIS

Por mais bem educada que seja a criança, jamais a leve a eventos formais. Nessa ocasião é melhor contratar os serviços de uma babá ou pedir o favor a alguém próximo.



DANDO EXEMPLO

As crianças são extremamente observadoras, portanto eduque pelo exemplo. O comportamento de uma criança à mesa reflete o comportamento dos pais ou adultos com os quais convive. Aproveite a intimidade da vida em família para educá-la em seus mínimos gestos:

. Manter a boca fechada ao mastigar.

. Deixar os talheres no lugar certo.

. Manter um tom de voz baixo.

. Não reclamar da comida.

. Usar o guardanapo antes de beber qualquer líquido.



IDADE

Quanto à idade certa para começar a aprender, cada criança tem seu tempo, mas os pais devem mostrar como se faz, insistir para que adquira bons hábitos. As regras precisam ser introduzidas aos poucos e de acordo com a idade da criança. Se ela é pequena, deve ser a primeira a comer e, de preferência, seu prato vem pronto da cozinha. Quando cresce, tem de aprender a esperar todos serem servidos para começar a refeição.



NO RESTAURANTE

>
A criança sempre deve ser servida primeiro.

> Leve algum brinquedinho para que ela se distraia enquanto a comida não chega, até quando tiver cinco ou seis anos. Depois, ela precisa aprender a esperar um pouco.

> Não deixe para comer muito tarde para que ela não fique irritada.

> Se a criança se comportar mal no restaurante, não faça escândalo. Diga que, em casa, terão uma conversa séria ou vá embora.

> Não coloque roupas cheias de babados e fitinhas na manga, porque ela poderá se sujar facilmente. Se isso ocorrer, dobre as mangas.

> Prefira as mesas que ficam nos cantos, para evitar confusão em torno da criança. 



NA PRESENÇA DE VISITAS

Se houver visitas para a refeição, as crianças deverão ser servidas separadamente, a menos que sejam um exemplo de comportamento à mesa ou se a visita for alguém de muita intimidade. Assim tão logo lhes seja servida a refeição, elas estarão liberadas para suas atividades, permitindo aos adultos usufruírem sua refeição com calma e paz, num ambiente propício.







EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 137 - julho de 2019

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições
linda no face 2

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601