Diversão EDIÇÃO 42 - NOVEMBRO 2010

HUMOR


Virgindade
Um casal recém casado, no primeiro dia da lua de mel... O noivo todo animado diz para sua noiva:
- Agora, vou colocar no lugar onde nunca ninguém jamais colocou...
Ao que a noiva responde:
- Não! No nariz, não!

O locutor

Um locutor foi fazer um teste para trabalhar em rádio. Chegando lá a recepcionista perguntou:
- Qual o seu nome?
- José-sé-sé da Si-si-si-silva
- Perdão, mas aqui é um teste para locutor e o senhor é gago.
- Não senhora, eu não sou gago não. Gago era meu pai e o escrivão do cartório anotou meu nome conforme ele ditou.
 
A meia
Eles eram namorados há mais de um ano, porém, tinham alguns segredinhos: ele tinha um chulé terrível e ela um bafo de orangotango.
Enquanto ele escondia o chulé com talco, ela fazia o mesmo com chiclete de canela. Até que ele a pediu em casamento. Depois de noivarem e se casarem, eles estavam deitados na cama quando ela disse, sem esconder seu bafo nem nada:
- Tenho que te revelar uma coisa.
Ele sente o cheiro e diz:
- Já sei, engoliu minha meia!


CURIOSIDADES

Expressões explicadas

. Nas coxas – As primeiras telhas do Brasil eram feitas de argila moldadas nas coxas dos escravos. Como os escravos variavam de tamanho e de porte físico, as telhas ficavam desiguais. Daí a expressão fazendo nas coxas, ou seja, de qualquer jeito.
 
. Na casa da mãe Joana – Na época do Brasil Império, mais especificamente durante a menoridade de Dom Pedro II, os homens que realmente mandavam no país costumavam se encontrar num prostíbulo do Rio de Janeiro cuja proprietária se chamava Joana. Como, fora dali, esses homens mandavam e desmandavam no país, a expressão “casa da mãe Joana” ficou conhecida como sinônimo de lugar em que ninguém manda.
 
. Não entendendo patavinas – Os portugueses tinham enorme dificuldade em entender o que falavam os frades italianos patavinos, originário de Pádua ou Padova. Daí entender patavina significa não entender nada.





BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601