Antenada Edição 69 - maio de 2013

Queridinho do armário


A empresária Roberta Bonamigo Bernardi, 32, teve dificuldade em escolher o seu queridinho do armário. “Gosto de tudo”, diz ela. Mas finalmente elegeu o look favorito. “É um pretinho básico e posso usar tanto para sair à noite quanto para trabalhar. Vou variando apenas nos acessórios”, conta. Este conjunto foi comprado em uma das suas viagens para o exterior e é da marca Dolce & Gabbana.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEU A LOCA NAS BIJUS!


É hora de misturar as cores e apostar nos máxis. Experimente colocar o ouro velho, dourado, prata, bronze e outras cores todas juntas. Símbolos como caveira, crucifixo e olho turco também despontam. Misture tudo e arrase!

 

Modelo: Brenda Altenbernd
Maquiagem: Dienifer Terres (Perfil de Mulher)
Cabelo: Teka Lazouwnik (Perfil de Mulher)
Acessórios: Solar Sian

 

 




 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PERFIL
Carmen Lucia de Oliveira Staevie, 54, personal stylist

SIGNO: escorpião
ATIVIDADE FAVORITA: decorar a casa e vender o produto certo para a pessoa certa
PROGRAMA DE TV: GNT Fashion
TRUQUE DE BELEZA: creme inovador da Alquimia da Terra
GASTA MUITO COM: sapatos
FRASE: Deus sempre em primeiro lugar
SE SUA VIDA FOSSE UMA TRILHA SONORA: “O sol” - Jota Quest
VOCÊ É: determinada e fiel aos amigos
LUGAR QUE QUER CONHECER: Nova Iorque
LUGAR QUE GOSTOU DE CONHECER: Austrália
FAZER O BEM É: estar presente em todos os momentos, tristes e alegres

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

GENTE QUE É NOTÍCIA


Não é só na ficção, como na novela “Salve Jorge”, que as mulheres desenvolvem atividades com brilhantismo no Exército. A cachoeirense Juliana Azevedo Gonçalves, 32, é médica veterinária e primeira-tenente do quadro de Oficiais Complementares. Suas atividades estão centradas na clínica de equinos de salto, concurso completo de equitação e polo. Juliana, que mora em Porto Alegre, orgulha-se em dizer que dentro do Exército não tem distinção ao quadro feminino. “Não existe nenhuma diferença no tratamento entre os militares, quer sejam homens ou mulheres”, fala.




 






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 118 - outubro de 2017

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601