Casa Linda Edição 103 - junho de 2016

Casa de campo


Todo aconchego de uma casa de campo aliado à beleza, integração e praticidade. Com esta proposta, a arquiteta e urbanista FERNANDA HOMRICH LIMA, 33, sendo nove anos de profissão, reformou uma casa numa propriedade rural de Cachoeira do Sul e o resultado ficou lindo.

 

“O ponto central do ambiente é o estar. Nele, a lareira é a responsável pelo aconchego para os dias frios, e junto a ela a televisão foi instalada com suporte articulável para que pudesse atender a todos os ângulos de visão”.



“O gosto por gado fica explícito na escolha do tapete, uma bela peça de couro em tons caramelo e branco”.

“O piso em tijolo de demolição ressalta a intenção de manter elementos marcantes da casa”.



“Uma confortável cadeira reclinável com acionamento elétrico foi posicionada no estar para garantir maior conforto aos proprietários”.

“O painel da televisão possui acabamento que imita madeira. É de MDF com revestimento em melamina. O móvel branco, que acomoda os equipamentos e possui gavetões, é de MDF com melamina branca lisa. Esta melamina é diferente daquela comum, muito usada até certo tempo atrás, pois ela é totalmente lisa e dá a sensação de que o móvel é pintado, além de não escurecer ou amarelar com o tempo”.

“Ao lado dos gavetões temos um grande nicho para acomodar as lenhas, que são usadas na lareira, fogão a lenha e churrasqueira. O revestimento deste nicho é o mesmo do restante do móvel, pois outra característica da melamina é que ela não arranha e não fica marcada com facilidade”.

“Visando sempre a praticidade e a funcionalidade, os materiais adotados são de fácil limpeza e manutenção. O revestimento da lareira é de granito, pois é um material indicado pela resistência ao calor e por não manchar com as cinzas”.



“O armário alto ao lado da churrasqueira foi especialmente projetado para guardar os espetos e utensílios de churrasco. As banquetas giratórias foram escolhidas com revestimento em couro rígido levando-se em consideração questões além da estética, pois é um material de longa durabilidade para tempos de uso prolongado e de fácil limpeza”.



“O fogão foi posicionado com vista privilegiada para o estar para que houvesse interação completa com quem estivesse no restante do ambiente”.



“Na cozinha, os materiais também foram especificados pela facilidade de manutenção e tempo de durabilidade. Em todos os tampos o granito foi o eleito em função da prática limpeza, de não possuir restrições quanto à utilização de água sobre ele e pela resistência e durabilidade do material”.

“Os móveis das bancadas foram feitos afastados do chão para evitar problemas com umidade e possibilitar a limpeza e higienização completa do piso. O material empregado foi o MDF com revestimento em melamina que imita madeira, permitindo limpeza completa dos armários até mesmo com pano levemente umedecido. Para o móvel aéreo, o material empregado foi o MDF com revestimento em melamina branca lisa, porém as portas receberam um toque sofisticado. Foram feitas em vidro refletente - um material com a leveza e transparência do vidro, mas com um toque espelhado - e estruturadas com um fino e delicado perfil de alumínio”.

“O piso da cozinha foi feito em cimento lixado. A escolha de manter este tipo de piso deu-se pela ideia de rusticidade que ele passa, já que estamos tratando de uma casa de campo. Também ajuda a disfarçar a sujeira”.



“Um grande e suntuoso pendente de madeira demarca a posição da mesa de jantar. O conjunto de espelhos ao fundo cria uma atmosfera sofisticada e reforça a sensação de amplitude e integração com os outros ambientes”.



 

 

 

Importante ressaltar que a escolha de executar os móveis em marcenaria com MDF deve-se muito à questão de resistência aos cupins, problema frequente em casas de propriedades rurais”.
 






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601