Casa Linda Edição 74 - outubro de 2013

Por um segundo DOCE LAR


Mau aspecto e desleixo no ambiente de trabalho podem prejudicar o rendimento e afastar os clientes

A realidade da maioria dos profissionais é passar boa parte de seus dias no ambiente de trabalho. Por isso, nada como exercer suas atividades em um lugar agradável e, ao mesmo tempo, confortável. Além do bem-estar pessoal do trabalhador, os clientes também precisam sentir que o espaço é organizado, bem cuidado e limpo. De acordo com a arquiteta MARIANA HERZOG, 35, sendo 11 anos de profissão, o local de trabalho deve proporcionar um bom astral para que seja possível atender bem. “Isto se reflete na cadeira correta para usar o computador, a altura e profundidade da mesa de trabalho e a iluminação da sala, além das cores e ambientação do espaço”, observa a arquiteta.

Um paciente ou cliente que entre num local desleixado pode não querer mais voltar ou colocar em dúvida a capacidade do profissional. “Como ele pode se sentir seguro se o consultório ou escritório for sujo e desorganizado? Pode até pensar: será que ele agirá desta maneira comigo?”, diz Mariana.

TENDÊNCIAS – De acordo com Mariana, a tendência para escritórios e consultórios é cores neutras, muito preto e cinza. A iluminação deve ser criada para proporcionar as sensações desejadas e é muito importante usar poucos elementos, mas de grande relevância ao espaço. Outra tendência forte que a arquiteta destaca é o uso de painéis de madeira. “O mármore e o granito para as bancadas de atendimento nunca saem de moda, mas a laca brilho entrou com tudo na decoração dos escritórios”, explica a profissional.

 

Especialistas em ambientes profissionais: as sócias Thiele König e Mariana Herzog






"O espaço diz muito de nós. Por isso, ter o local de prestação de serviço alinhado com o nosso trabalho é muito importante!"
Mariana

 






A sala de reuniões deste escritório de advocacia foi projetada para atender as necessidades dos usuários. Uma TV foi instalada em um painel de melamina com conexão à mesa de reuniões, assim pode-se ligar o notebook com a TV e mostrar aos clientes o andamento de seus processos. Um grande móvel foi projetado para acolher os materiais utilizados durante as reuniões e também as encadernações das leis. Tudo foi mesclado com melamina amadeirada e o preto. A ideia foi passar austeridade ao ambiente, confiança no trabalho dos profissionais, por isto o clean e as cores escuras.




Este é o escritório principal, onde a advogada master tem espaço para receber seus clientes. Ela ficou com a suíte da antiga residência. A parede que recebe sua mesa de trabalho foi revestida com papel de parede. E os tons escolhidos pela advogada foram o branco e o amadeirado. O tapete trouxe o aconchego à sala e as poltronas de aproximação ficaram no tom marrom. O gesso recebeu uma iluminação apropriada tanto para o ambiente de trabalho como também a possibilidade de proporcionar o conforto, assim o espaço de trabalho ficou bem agradável. O tabuão existente foi tratado e preservado.




O setor financeiro do escritório de advocacia não podia ficar menos valorizado do que as salas dos advogados, então recebeu uma parede revestida de porcelanato e um móvel em melamina amadeirada para os materiais pertinentes ao setor. Mesas em melamina amadeirada foram as escolhidas. O tom ficou harmônico com o tabuão existente, pois antes deste espaço ser um escritório de advocacia era uma residência familiar.



As fotos desta seção foram feitas em um escritório de advocacia com projeto assinado pelas arquitetas Mariana Herzog e Thiele König.
 

 






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601