Casa Linda Edição 68 - abril de 2013

Uma casa cheia de história


Chegou a hora de desencaixotar as relíquias deixadas pelas bisavós e ousar na decoração

A mistura de objetos e móveis antigos ao estilo contemporâneo na arquitetura de interiores é sempre bem-vinda. É o que diz a arquiteta Cristiane Lawall Plautz, 30, com três anos de profissão. Segundo ela, muitos evitam misturar estilos com receio de exagerar na dose e causar a impressão errada. “Para não cometer erros, basta usar o bom senso e buscar o equilíbrio visual entre os elementos. Assim, a casa ou ambiente de trabalho não ficarão com aquele aspecto impessoal, onde não há a identidade de quem ali habita”, diz a arquiteta.

 

 

 

 



 

Relíquias e decoração na prática
LINDA mostra as relíquias de alguns cachoeirenses


Vaso de madeira jacarandá com prata de lei trazido de Portugal, propriedade de Janice Bacchin Schneider



Máquina registradora centenária, propriedade de Tischler e Cia Ltda



Rádio da década de 40, propriedade de Dulce Gonçalves



Cesta que pertenceu a Borges de Medeiros, relíquia de família, propriedade de Dulce Gonçalves



Telefone, propriedade de Alzira Vieira da Cunha



Mala de madeira, herança da avó, propriedade de Ângela Carvalho



Relógio de parede de Dulce Gonçalves



Berço de balanço, propriedade de Gerusa Dalla Nora



Pilão antigo, de propriedade de Maria Regina Hickmann



Ferro de passar roupa, chaleira e panela de bronze usados como decoração, propriedade de Rosane Siqueira



Cadeira antiga de barbeiro, propriedade de Rodrigo Kury



Máquina de escrever e máquina calculadora, no Sindilojas






Para Cristiane, é importante observar três fatores antes de investir em móveis e objetos antigos na decoração:

1 Antes de tudo, é preciso ter algumas definições em mente: quero uma peça funcional ou somente decorativa? Atente para o ambiente onde irá colocá-lo e, claro, para as dimensões.

2 Tenha o cuidado de não sobrecarregar o ambiente. Se o estilo for muito clássico, há o risco de criar um ar antigo demais. Quando o espaço apresenta elementos parecidos, a tendência é que as pessoas enxerguem tudo como um só bloco. Para que isso não aconteça, o ideal é colocar um pouco de cada coisa e formar um conjunto harmonioso. Em alguns casos, uma única peça em um ambiente moderno é suficiente para valorizar a decoração.

3 Abuse da criatividade para dar nova função às peças. Além de cumprirem uma função prática, elas imprimem um ar de sofisticação, nostalgia e humor ao espaço.


 






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601