Diário de viagem Edição 98 - dezembro de 2015

Ilane na TAILÂNDIA


Um país lindo, rico de cultura e com um povo honesto e educado. Estas foram as impressões da agropecuarista Ilane Bratz, 72, quando conheceu a Tailândia. “Tudo é curioso e diferente por lá. Os templos são lindíssimos e as pessoas muito simpáticas”, diz Ilane, que já esteve duas vezes lá, sendo que a última foi no início deste ano.


 

 

 

“A flor de lótus, símbolo da Tailândia"

 

 

 

 

 

 

 

“Comida típica: papel de arroz envolvendo camarões e verduras, bolinhos e os molhos temperados e apimentados ”.



“Para aperitivar: larvas fritas (ótimas), que contêm mais proteína que a carne”.




“Buda de ouro com três metros de altura e pesando 5 toneladas de ouro maciço ”.



“Templo decorado com madrepérola”.




Natureza


“É incrível como eles festejam a natureza. É comum encontrar árvores enfeitadas com fitas por toda a cidade”.





Alimentação


“A comida é muito apimentada e comem muitas verduras e legumes. O omelete deles recheado de legumes e camarão é maravilhoso”.





Diferente


“O mercado no rio é interessante. De barquinho, vamos até os vendedores (que também estão em barcos) e podemos fazer nossas compras. Primeiro eles nos entregam o produto e depois pegam o dinheiro. A confiança e a honestidade são marcantes na Tailândia”.




Impressionante


“Me chamou muito atenção a cultura das mulheres-girafa”. Muito se vê na Tailândia mulheres com uma mola metálica e argolas pesadas enroladas no pescoço. Lá, eles acreditam que a beleza da mulher é proporcional ao comprimento do seu pescoço. Para que ele cresça cada vez mais, aros são colocados nesta região do corpo ainda na infância, de forma que na idade matrimonial as mulheres já possuam uma distância entre a cabeça e os ombros entre 25 e 30 centímetros. Estas argolas pressionam os ossos da clavícula, fazendo uma deformação na caixa torácica.


 

Templos


“A beleza dos templos e a quantidade deles é incrível. São muitos detalhes em ouro que permanecem intactos, e assim estão por anos. O povo não rouba nada! Figuras de Buda, inclusive em ouro, são vistas por todos os lados. Quase tudo que se vê tem um Buda. A religião é muito forte lá. Para entrar nos templos temos que estar descalços e com os ombros e joelhos cobertos”.



 

 

 

A Tailândia é um país que fica no sudoeste asiático e suas fronteiras marítimas incluem o Vietnã, a Indonésia e a Índia. A capital é Bangkok.
 






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601