Diário de viagem Edição 87 - dezembro de 2014

Joice em CUBA


Depois de ganhar uma bolsa para estudar Medicina em Cuba com tudo pago, a técnica em enfermagem Joice de Lara Machado, 31, embarcou nesta experiência que vai mudar para sempre sua vida. Ela está no quinto semestre de faculdade e mora em Artemisa, que está a 70 quilômetros de Havana, capital de Cuba.

 

 

 

 

 

 

 

 

Joice: “As praias são verdadeiros paraísos tropicais”



Nas ruas da cidade



Joice com colegas de Medicina

 

 

 

Antes de ir


Pensava que era um país bastante parecido com o nosso, apesar da mídia nos mostrar o contrário: que Cuba era cruel. Mas como poderia ser tão cruel se estava nos brindando com bolsas para estudar?

 

 

Chegando a Cuba


Assim que cheguei tive que ficar isolada por sete dias (por ser estudante e não turista) para verem se eu tinha alguma doença contagiosa.



Dificuldades


O mais agressivo aqui é o calor, a umidade, o difícil acesso à comunicação e a distância da família. Em Artemisa, a dificuldade maior é com a falta de água.

 

Cubanos


São alegres, cultos e educados. Doam o pouco que têm mesmo que fiquem sem nada. Quando vamos à feira e saímos cheias de sacolas, o primeiro que aparece nos oferece ajuda. Aprendi com eles a ser mais humilde, ter mais paciência e dar valor para pequenas coisas.

 

 

Surpreendente


Uma vez dei uma bala para uma criança e ela comeu só a metade. Perguntei se não tinha gostado e ela me disse que sim, mas que ia guardar para seu irmão. São muito solidários.

 

Vida em Cuba


Aqui é um país socialista, com muita dificuldade econômica, mas dá para se adaptar. No início foi muito difícil tomar banho gelado, ir ao supermercado e não encontrar o básico e ter que caminhar muito, mas já me adaptei.

 

 

Saia justa


Logo que cheguei fui almoçar na casa de uma amiga e me serviram um prato com algo que não conhecia, com cheiro estranho, em grande quantidade e não tinha cara de ser bom. Falei para ela que achei esquisito aquilo. Aí ficaram felizes que gostei e me serviram mais um monte. Esquisito em espanhol quer dizer muito bom e eu não sabia.

 

 

O que pensam do Brasil


Quando perguntam de que país sou e respondo, eles enlouquecem. Querem saber de Roberto Carlos, samba, futebol e novelas.

 

 

Medicina em Cuba


Apesar das dificuldades, nenhuma pessoa morre na fila esperando para ser atendida. Os médicos, mesmo recebendo um salário baixo, são muito instruídos e se esforçam para que seus alunos aprendam tanto quanto eles. São muito rigorosos, exigentes e dedicados.

 

 

Joice e seu namorado Cleber Dorneles Hoppe, 36


“Apaixonei-me por ele quando tinha 15 anos. Hoje, nos vemos apenas duas vezes por ano, que é quando vou de férias para o Brasil. Ele que me dá a motivação para seguir em frente com meus sonhos. É meu porto seguro!”, conta Joice
 






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601