Diário de viagem Edição 67 - março de 2013

MADRI


IDA 22/8/2009
VOLTA 14/2/2010



Graças ao seu curso de Engenharia de Produção, Carolina Mór Scarparo, 24, passou por uma das experiências mais incríveis de sua vida. Carolina participou do Programa de Mobilidade Acadêmica e ficou seis meses estudando em Madri, na Espanha.

 

 

 

“Com Arthur de Souza, meu namorado, no outlet Las Rosas. Ele é do Rio de Janeiro e eu o conheci em Madri. Continuamos a namorar a distância mesmo quando voltamos e hoje ele mora em Porto Alegre”.







Primeira impressão –
A cidade tem uma energia positiva que eu nunca vi em outro lugar.



Os espanhóis –
Eles possuem um estilo de vida muito relaxado. Começam o expediente às 9h e dão uma pausa prolongada para o almoço, a famosa “siesta”.

 

 

“No Museo Reina Sofia - obra Guernica de Pablo Picasso”.




Cultura –
Para incentivar a cultura, a entrada em museus e ao Palácio Real é gratuita em diversos feriados e na “Noche en Blanco”- evento que acontece uma vez por ano, onde tudo fica aberto à noite toda e a entrada é franca. Mais celebrado que o Natal, o Dia de Reis (6/1) é comemorado com desfile de carros alegóricos e fogos de artifício.


Compras – O local mais conhecido para compras é o El Corte Inglés, uma espécie de loja de departamentos. Também vale a pena conhecer o El Rastro, um mercado ao ar livre que acontece nos domingos e vende de tudo!


Alimentação – No jantar, o grande costume é sair de “tapas”. As tapas podem vir em forma de pequenos sanduíches, papas bravas (batatas fritas com molho apimentado), queijos e outros aperitivos e são servidas muitas vezes gratuitamente para acompanhar uma bebida. Uma boa dica é um bar chamado 100 Montaditos, pois vende sanduíches, chope e sangria por 1 euro (cerca de R$ 2,60)


Viagens –
Vale à pena aproveitar as promoções de passagens aéreas, em companhias como a Ryanair e Easyjet. As poltronas são desconfortáveis e não pode-se despachar bagagem (a não ser que pague uma taxa extra por isso), mas o preço vale a pena. Cheguei a viajar de Madri a Barcelona por 8 euros! (em torno de R$ 20,00)


Dica –
Curtir um pôr-do-sol no Templo de Debod, fazer um happy hour na Praça de Sant’Anna, tomar café da manhã nos restaurantes próximos a Puerta de Sol e passar uma manhã no Parque do Retiro. Recomendo a cidade de Granada, situada a 400 quilômetros de Madri, que foi dominada por alguns séculos pelos árabes; e o País Basco, que possui um idioma e uma cultura própria.






“As touradas são um costume muito forte entre os espanhóis”. Carolina com uma amiga gaúcha e um amigo holandês na Praça de Touros de Madri.











BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601