Do amor ao sexo Edição 94 - agosto de 2015

ORGASMO PARA FICAR COM A “LÍNGUA SOLTA”

» Izabel Eilert (izabeleilert@terra.com.br)


A comunicação verbal é uma dificuldade grande entre a maioria das pessoas e dos casais. Refiro-me à comunicação daquilo que vai lá ao fundo da alma e não daquele falar do dia a dia, da rotina, do que falta na lista do supermercado. É do falar das emoções a que estou me referindo. Sabe, aquilo que os namorados costumam fazer no início do namoro: falar tudo um para o outro, falar de tudo, falar por muito tempo sem esgotar os assuntos, falar sem medo da censura, falar livremente... É incrível como este tipo de conversa vai espaçando e ficando menos frequente com o passar do tempo entre os casais.

 

Mas existe um lugar em que as conversas podem e acontecem com mais facilidade: na cama, após o sexo. Sim, isto mesmo! Este tipo de conversa, mais íntima, é muito encontrado entre casais na cama após o orgasmo. Ali fica muito mais fácil para os papos rolarem mais soltos, as defesas emocionais parecem menores, o casal parece sentir-se conectado e confiante.

O orgasmo não é só bom para o físico, também é bom para a relação, pois após ele acontecer, os casais tendem a falar mais das suas emoções, conversam mais sobre o que está no seu íntimo. Isto porque o cérebro se inunda de ocitocina, conhecido como “hormônio do amor”, que dá uma sensação de bem-estar e felicidade. Essa substância seria capaz de aumentar o nível de confiança e, em contrapartida, diminuir o nível de estresse, segundo um estudo da Universidade de Connecticut, nos Estados Unidos.

A mistura do álcool com o sexo também pode fazer as pessoas revelarem segredos e intimidades, é o que diz Tamara Afifi, coautora da pesquisa citada. Mas fique atento para a diferença de “soltar a língua” com e sem álcool. Após o orgasmo, quem bebe tende a falar coisas com pouca crítica e de forma mais agressiva. Bem ao contrário do que possa parecer, para a intimidade de comunicação, combinado com sexo, muito álcool não é uma boa pedida.

Então, tornar este momento após o orgasmo um momento de encontro, um momento íntimo não só físico como também emocional, pode deixar o casal mais ligado íntima e amorosamente. Não tenha pressa em se recompor, aproveite que seu cérebro está inundado de ocitocina e deixe este momento te levar de forma solta.




“Após o orgasmo, os casais tendem a falar mais das suas emoções, conversam mais de coisas que estão no seu íntimo”.




Psicóloga e terapeuta sexual






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601