Expresso Edição 03 - JULHO/2007

Toques


Com a chegada do inverno o consumo de vinho tende a aumentar, mas é importante ficar atento para não cometer gafes. Saiba o que não pega bem quando a bebida típica do frio é o assunto:


. Achar que todo o vinho importado é bom, e todo nacional é ruim
. Prender-se a regras e não aproveitar o momento. Se você gosta de churrasco com vinho branco, por exemplo, esbalde-se. Não há nenhum manual que proíba
. Tomar um vinho que não está bom (por problemas de armazenagem, por exemplo) por constrangimento em reclamar
. Encher o cálice demais. Serve-se apenas até um terço da taça, para que se possa agitar o vinho e, assim, apreciar melhor seu aroma. Só não agite espumantes: as bolhinhas já dão conta de fazer o aroma subir.
. Cada tipo de vinho tem um modelo de taça especial. O branco serve-se em um cálice menor, para que a bebida, geralmente gelada, não esquente. Para o tinto, taças maiores, que possibilitam apreciar melhor seu aroma. O que não significa que você deva deixar de beber um vinho por não tê-las à mão.


"É muito confortável ser solteiro. Sinto que lá no fundinho do meu coração ainda resta um espaço para uma paixão, mas um relacionamento é muito complicado. Sempre existem problemas"
Bruce Willis | ator, 50 anos, confessando que adora a vida de solteiro


Dicas

Para evitar o escurecimento das bijuterias douradas, passe uma camada de esmalte incolor. Além de proteger o metal da oxidação, ele não deixa que a pele fique manchada.


Li e recomendo


Magda Hentschke
professora

Título
"As boas mulheres da China"
Autor
Xinran


"Esse é um dos livros que mais me chamou a atenção nos últimos tempos. Ele conta a história de uma jornalista que através do seu programa de rádio conhece os relatos da vida de mulheres que viveram na época da revolução cultural no país. A autora nos passa a noção exata de que ser mulher na China ou em qualquer nação é a mesma coisa”.


Vi e recomendo


Ronaldo Tonet
empresário

Título
"Feitiço do tempo”
Diretor
Harold Ramis


"Essa comédia conta a história de um repórter que vai cobrir um evento e acaba vítima de uma maldição que o faz acordar sempre no mesmo dia. O interessante desse filme é que mostra a evolução do protagonista. No início ele trata todos com soberba e depois do incidente acaba se tornando um novo homem, mais humano e menos burocrático".


Humor


Poço dos desejos


Um casal em férias vai visitar o melhor ponto turístico da cidadezinha, o Poço dos Desejos. Ao aproximar-se do local o marido saca uma moeda do bolso, faz um desejo e atira a moeda sobre as costas. A mulher decide fazer o mesmo e ao atirar a moeda se desequilibra e cai no poço.
O marido exclama: Mas não é que funciona mesmo!


No céu


Na fila do céu, dois amigos se encontram e um pergunta ao outro:
- Raul, você por aqui? Do que morreu?
E ele, visivelmente chateado:
- De frio.
O primeiro então acrescenta:
- Pois eu morri de ataque cardíaco.
Imagine que preparei uma arapuca para minha mulher. Disse que ia viajar e voltei para casa à noite. Queria flagrá-la com um
amante.
Procurei no armário, debaixo da cama, em todo o lugar e a coitadinha estava só. Meu remorso me matou, rapaz.
O outro respondeu:
- Se tivesse olhado no freezer estaríamos os dois ainda vivos!


Presente de português

Um português apaixonado pelo Brasil decidiu morar aqui.
Viajando por diversas regiões do nosso país ele se encanta ao conhecer um papagaio. Eufórico com o bichinho que fala como gente, ele compra um e manda de presente para sua mãe que mora na terrinha.
Passado algum tempo, o português resolve escrever uma carta para sua mãe perguntando se ela gostou do bichinho. E ela manda a resposta:
— Filho, gostar eu até gostei, mas achei a carne muito dura!






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601