Expresso Edição 90 - abril de 2015

Túnel do tempo


CARLA BAUNHARDT, 41, é empresária. Casada com Pedro Oliveira, 46, e mãe de Giuliana, 19.

 

 

 

 

Atual

 

 

 

 

 

1 ano



4 anos




13 anos



15 anos




19 anos



21 anos







Toques

TÁ JOIA!


CUIDADOS BÁSICOS PARA MANTER SUAS JOIAS SEMPRE LINDAS

. Evite colocar perfumes ou cremes com a joia em seu corpo. O uso desses produtos de beleza sobre a peça pode causar danos irreversíveis às pedras naturais e/ou pérolas;
. Evite dormir com sua joia. Durante o sono, quando não temos consciência dos movimentos, podemos causar avarias em metais e pedras preciosas;
. Procure guardar suas joias separadamente para que, em contato umas com as outras, não sofram nenhum dano;
. Evite tomar banho de chuveiro, mar ou piscina com sua joia para que ela não se rompa e para preservar o banho de ouro ou ródio dado nas peças em prata;
. Para limpar sua joia, basta utilizar uma flanela limpa e seca. Evite abrasivos ou fórmulas prontas para limpeza.






Dica

O plástico pet é um material largamente utilizado, mas pode causar dano terrível para o meio ambiente se não for reciclado. Há milhares de grandes ideias para a reutilização deste plástico com a finalidade de criar algo útil e bonito para sua casa ou para si mesmo.

 

 

 

 

Feliz aniversário!

Aniversariantes de abril

Dia 9
Clara Raddatz, 17 anos



Dia 11
Mariana Herzog, 37 anos



Dia 14
Claís Willig, 54 anos



Dia 16
Daniele Esber, 28 anos






 

 

 

 

 

Por onde ANDA Nathália Morari Dornelles

Após morar em Porto Alegre e fazer um intercâmbio na Nova Zelândia, a estudante NATHÁLIA MORARI DORNELLES, 20, fixou residência em Santa Cruz do Sul. Lá ela está cursando o primeiro semestre de Jornalismo e Relações Públicas na Unisc e estagiando na Agência Experimental de Comunicação da universidade. “Neste ano estou focando nos meus estudos, em cursos, e quero também cultivar amizades por aqui. Estou me adaptando a essa nova vida”, diz. Em 2008 Nathália conquistou o título de Embaixatriz do Turismo do Rio Grande do Sul e no ano seguinte foi Broto Cachoeira.

 

 

 

 

 



Meus endereços

Gastronomia – Adoro frutos do mar e quando vou a Porto Alegre gosto muito de ir no Restaurante Marco’s. Em Cachoeira, gosto do Yakusoku.

Viagem – Paris, na França. Gostei muito de ter visitado o Museu D’orsay, que funciona em uma antiga estação de trem e tem pinturas e esculturas de arte ocidental, entre elas obras de Van Gogh, Monet e Odilon Redon.

Moda – Em Cachoeira, gosto de comprar na Carmella e na San Marco. Fora daqui, não resisto a uma loja de calçados da marca Jorge Bischoff.

Lazer – Uma boa peça de teatro, ir ao cinema e uma passadinha na livraria Saraiva.

Descanso – Um fim de semana na praia ou na serra é o suficiente para renovar!

 

Cristiane Luiza Rauber de Carvalho, 36, empresária


Crédito: Daniela Dal Ri






Áries

De 21 de março a 20 de abril

Tiana Willig Tischler
servidora pública federal nascida em 10/04/1978

“Sou muito caseira e simples, gosto das minhas coisas e de cuidar bem delas – e isso vale, sobretudo, para as pessoas que eu amo. Também gosto muito do meu trabalho, acredito que a melhor forma de ser grata pelas coisas boas que dele recebo é trabalhando de forma dedicada e com muita boa vontade. As qualidades e defeitos que tenho giram em torno disso: a dedicação vem com certo perfeccionismo, que às vezes é bom, mas também pode atrapalhar”.




 

 

Pergunte ao ESPECIALISTA

Antonio Wilson Corrêa da Silva
Economista, 69

Por que o dólar está tão caro?
“O real enfrenta uma desvalorização em função da instabilidade socioeconômica do Brasil. A corrupção e os escândalos financeiros fazem com que os investidores internacionais orientem suas aplicações para países que ofereçam maior credibilidade. Como a cotação do real obedece a “oferta e a procura”, quando a saída de dólar do Brasil é maior do que a entrada os preços da moeda sobem. No momento, o Banco Central do Brasil faz leilões de dólares na tentativa de evitar que seu preço aumente. Aí reside o problema. Se a entrada de divisas americanas é menor do que a saída, como o governo brasileiro continuará realizando leilões? Afirmo: se não for modificada a política macroeconômica e não for oferecida maior credibilidade política, o dólar subirá mais.
 






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601