Expresso Edição 68 - abril de 2013

Bem-vindo


Etiqueta para ficar na casa de amigos e parentes sem causar incômodos

 

Adorou ser bem recebido? Então, demonstre isso levando algum presentinho para sua anfitriã. Pode ser um objeto de decoração, uma caixa de bombons ou frutas.

Carregue sua roupa de banho. Não se esqueça de colocar na mala seus objetos de higiene pessoal, como xampu e sabonete.

Bote freio nas crianças. Combine antes com seus filhos como deve ser o comportamento deles. Fazer o sofá da visita de pula-pula, gritar e correr são comportamentos proibidos.

Respeite a rotina da casa. Você quer acordar tarde, ir à praia e almoçar depois de todo mundo? Então fique num hotel. Tente seguir a rotina da casa.

Nada de estadia prolongada. Nunca estenda sua permanência além do que foi combinado.

Tente ser prestativo. Ofereça-se para ajudar nas tarefas domésticas. Na hora das refeições, ajude no preparo dos pratos ou diga que você lava a louça.

Colabore nas compras.
Contribua com as despesas da casa. Passe no mercado ou na padaria, compre mantimentos ou pague parte das compras.

 

Combine antes com as crianças como elas devem agir

 

 

 







DICA


Terminaram as férias e os banhos de sol? Para manter o bronzeado por mais tempo, coma alimentos ricos em betacaroteno (frutas e legumes de cor vermelha, laranja ou amarelo). Por impregnação do betacaroteno na gordura da pele, este elemento de cor alaranjada colabora com o tom bronzeado.

 

 

 

 

 





 

 

 

 

 

 

 

FRASE

“Não tenho tempo de odiar quem me odeia, estou ocupado demais amando quem me ama.”

Bruno Gagliasso

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para sempre


Colecionadora de títulos de beleza, Myrian, 60, continua esbanjando charme na cidade. Ela desfila com elegância nas passarelas de moda e mostra que sua beleza não se perdeu com o passar do tempo. Quando mais jovem, foi rainha da primavera (1967), rainha da Escola João Neves da Fontoura (1970) e miss suéter de Cachoeira do Sul (1971). Ela é professora de Educação Artística e atualmente dá aulas no Colégio Diva Costa Faccin. Myrian é casada com o engenheiro agrônomo Carlos Alberto Beskow, 62, e mãe de  Gabriela, 36, Carolina, 35, e Mônica, 31.


1969 - Myrian Mahfuz Fontanari



2013 - Myrian Fontanari Beskow

 

 

 




MEUS ENDEREÇOS

GASTRONOMIA –
“Adoro o bom churrasco em família todos os domingos. Na cidade, curto o Bangalô, Pizzaria Bittencourt e o Restaurante El Fogón”.

VIAGEM – “Prefiro os lugares que eu possa desfrutar do mar. João Pessoa (PB) e as praias do estado de Alagoas certamente foram os locais que mais marcaram, pelas belezas e cenários paradisíacos”.

MODA – “
Minha loja preferida na cidade é a Dullius. Não dou bola para marcas, uso o que me veste bem”.

LAZER –
“Viajar é sempre a melhor opção, mas gosto também de um mate em boa companhia na pracinha do Bairro Soares e de ir à piscina da AABB Campestre”.

DESCANSO –
“Minha casa, nada substitui”.


Carine Maydana, 27, arquiteta

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

POR ONDE ANDA

Chaiene Lewis


Chaiene saiu de Cachoeira do Sul em 1995 para cursar Jornalismo. “Sempre sonhei em trabalhar na área de comunicação. Fui para Porto Alegre fazer cursinho e logo entrei na universidade”, conta. Ela trabalhou uns anos na capital até se mudar para Caxias do Sul, cidade onde mora atualmente. Lá, abriu sua própria empresa de comunicação e marketing, a Originale. “Após 10 anos na área de comunicação corporativa, com experiência profissional em empresas como Gerdau, Sicredi e Tonin, optei por ter o meu próprio negócio”, diz. A jornalista de 35 anos, que ostentou o título de Rainha do Clube Comercial em 1993, e Princesa da Fenarroz em 1995, é casada com Thiago Deiro, 34, e tem dois filhos, Arthur, 3, e Rafael, de 1 ano de idade.


Crédito da foto: Andrei Cardoso

 

 

 

 

 







JÁ PENSOU?


Comece a guardar as rolhas de vinho! Vejas estas três maneiras diferentes de aproveitar as rolhas que vão para o lixo.
1. Um recipiente menor, dentro de um maior, formando um castiçal.
2. Descanso de panela.
3. Puxadores de gaveta


 

 

 

 

 

 

 

 

PERGUNTE AO ESPECIALISTA

“Estou em processo de divórcio e quero a guarda total da minha filha. Meu marido tem emprego fixo e ganha muito mais do que eu. Tenho medo de que o juiz não me dê a guarda. Eu sei que minha filha prefere ficar comigo. Fazê-la escolher pode prejudicá-la de alguma forma?”

Os pais têm papel fundamental para o bem-estar dos seus filhos e devem protegê-los em um momento delicado como é a separação. Apesar de todos saberem que a separação é entre os pais, e não entre pais e filhos, muitas vezes é esta realidade que acontece: separou da mãe, separou do filho (e vice-versa). Usar a criança para atingir o ex-cônjuge é muito negativo e quem acaba sendo atingida é a própria criança. Normalmente, crianças pequenas não devem escolher com quem querem ficar após a separação. Essa decisão cabe aos pais. Para qualquer filho, independente da idade, é muito difícil escolher entre pai e mãe, causa ansiedade e culpa. Estes sentimentos podem dificultar seu desenvolvimento. É um momento difícil, no entanto, os pais devem resguardar seus filhos, pensando no bem-estar da criança acima de tudo.




Marcele Tonet, 32, psicóloga, 12 anos de profissão

 






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601