Reportagens Edição 91 - maio de 2015

Ela é a nova CARA DA LINDA


Neuza Blaya é a vencedora da quarta edição do concurso A Cara da Linda

 

A palavra “cansaço” não existe no vocabulário dela. É uma pessoa animada, cheia de vida, trabalhadora, grande mãe e vó, está sempre disposta e é ativa na comunidade. Adora colaborar em causas sociais na cidade e não mede esforços para que tudo saia do melhor jeito. Neuza Maria Luchsinger Blaya, 68, empresária e bacharel em Direito, é a cara da LINDA 2015!
Natural de Lavras do Sul, Neuza veio morar em Cachoeira do Sul quando tinha apenas 3 anos. “Eu me considero cachoeirense, pois aqui eu fiz minha vida. Aqui eu estudei, fiz amigos, conheci meu marido, casei, tive meus filhos e vi minha vida se desenvolver. Foi aqui que eu construí minha felicidade”, conta a empresária.



A Cara da LINDA
“Fiquei muito surpresa quando recebi a notícia que eu seria a próxima capa. Fiquei receosa em fazer fotos, muitos não percebem, mas sou tímida. Como sou ativa e agitada, minha timidez fica disfarçada. Mas meus filhos e meus netos adoraram a ideia. Todos acharam muito legal eu ser a cara da Linda! Acredito que fui escolhida por ser uma pessoa ativa na comunidade. O trabalho social me faz sentir fazendo diferença nesse mundo tão cruel e injusto”.


Faculdade aos 50 anos
“Aprender - estar sempre buscando novos conhecimentos - é o que nos deixa jovens de alma. A faculdade veio complementar. Eu tinha vontade de fazer Direito para saber mais. Nunca esteve nos meus planos advogar. Eu tinha certo medo de fazer feio por estar entre jovens. Mas foi bem diferente, foi uma época muito boa, em que troquei experiências com meus colegas e por fim fui laureada na minha graduação de Direito. Na verdade, eu consegui provar para mim mesma que eu podia fazer uma faculdade. Fiz pra mim, matei a vontade, pois meu marido e meus filhos já eram graduados”.


Trabalhos sociais
“Eu sempre tive vontade de fazer algum trabalho social, mas a correria do dia a dia e o envolvimento com os filhos foram me fazendo adiar essa vontade. Até que meus filhos cresceram e me vi mais sozinha e com tempo. Iniciei no Rotary Integração e foi muito melhor do que eu imaginava. Eu me senti muito bem, pois além de participar de ações que ajudam pessoas carentes, ainda fiz amigos. Eu me envolvi também em trabalhos sociais promovidos pela Associação de Pais e Professores do Colégio Barão do Rio Branco. Como minha neta Bruna estuda lá, passei a participar. E adorei! Eu gosto de estar junto com jovens e as mães das colegas da Bruna passaram a ser minhas amigas. Eu sou avó, mas participo junto com as mães, e isso acabou me rejuvenescendo. Minha idade não atrapalha, sou da turma! Os projetos sociais me permitem sentir que estou fazendo diferença na comunidade, e isso é muito bom. Também estou trabalhando na Liga Feminina de Combate ao Câncer”.


Passatempo

“Eu estou sempre fazendo algo de trabalho manual, que pode ser tricô, bordado, tapeçaria, tear, etc. Depende da época, do que vai me motivando, mas sempre tenho um trabalhinho de mão”.


Rotina
“Hoje eu continuo cuidando da minha casa e da minha família e administro a Padaria do Comércio. Gosto do meu trabalho e mesmo estando legalmente aposentada, não penso em parar tão cedo. Agrada-me esse dia a dia, estar na padaria e ter contato com muitas pessoas. O trabalho toma muito do meu tempo, mas não me atrapalha. É uma rotina que eu gosto”.


Felicidade

“Deixa-me feliz olhar minha vida. Ver que construí uma família íntegra e que meus filhos e netos são pessoas que só trazem orgulho. O mais importante para mim é ver minha família feliz. Também ter amigos de todas as idades, sempre ter uma programação e me sentir querida e valorizada por pessoas legais”.




Neuza é casada com o advogado Nélson dos Santos Blaya, 70, e juntos são pais de Denise e Rafael. Eles têm quatro netos: Paula, 24, Lucas, 21, e Ana Carolina, 11 (filhos de Denise), e Bruna, 14 (filha de Rafael).


 

“O trabalho social me faz sentir fazendo diferença nesse mundo tão cruel e injusto”.



Fotos: Vanessa Soares






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 118 - outubro de 2017

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601