Reportagens Edição 88 - janeiro/fevereiro de 2015

Brinde à vida!


Luisa Fincato Proença venceu a batalha contra a leucemia e agora ajuda famílias que passam por este drama

 

Ao erguer as taças e fazer o tradicional brinde de ano-novo, o casal de advogados Fábio Proença e Denise Fincato, ambos com 42 anos, sempre pediu por saúde – o item número um na lista de desejos do réveillon. O que não sabiam é que depois de brindarem a virada de 2013 a saúde seria dada à família, mas só depois de enfrentarem uma longa luta: a leucemia da filha caçula, Luisa. Sem nunca pensarem que era batalha perdida, encararam o desafio e lutaram dia após dia pela cura da pequena.

 



 

Vitoriosa - Com apenas 6 anos, Luisa dá exemplo de fé e superação




A descoberta


Manchas roxas pelo corpo foram o primeiro sinal. Mas como criança ativa que era, sempre dizia: bati a perna, estava brincando e machuquei o braço, e várias outras explicações para os pequenos hematomas. Depois um pouco de cansaço, mas nada que alarmasse. Até que um dia, durante uma viagem, o pai de Lulu percebeu que algo estava muito errado - a menina estava abatida e por isso decidiu levá-la diretamente para uma emergência de hospital. Logo depois veio o diagnóstico de leucemia. “Ainda há muito o que saber sobre essa doença. Se os pais e os professores estiverem por dentro dos sintomas podem identificar mais rápido a leucemia, possibilitando um diagnóstico precoce”, observa Fábio.


Deus


Um dos médicos que atendeu Luisa disse para os pais que a cura dela foi um milagre de Deus, pois, pelo estado já avançado da doença quando ela entrou no hospital, a chances de cura eram mínimas.


História conhecida

A luta foi tão intensa e envolveu tantas pessoas, que a história de Luisa ficou conhecida no estado. Com a experiência de quem viveu dias difíceis, mesmo tendo apenas 6 anos, Luisa lançou com os pais o livro “Lulu das plaquetas”. Como escrever um livro diante de tantas incertezas e preocupações que a doença causava? A resposta vem carregada pelo sentimento de fazer o bem: “Queremos ajudar famílias que estejam passando por esta situação e alertar para a importância do diagnóstico precoce da leucemia. Muitas vezes ignoramos alguns sintomas que as crianças têm por pensar que são coisas normais da idade e vamos ‘mascarando’ com antitérmicos, por exemplo”, diz Fábio.


Surpreendente

Assim que os amigos e familiares da família souberam que a Lulu precisava de doação de sangue foram para o hospital doar. Chegou ao ponto de o hospital recusar por já não ter mais onde armazenar tanto sangue. “Foi emocionante ver toda a mobilização que fizeram para nos ajudar”, diz Denise. Do outro lado da corrente de apoio Luisa dava aula de superação, bom humor, força e perseverança. Não foram as injeções dolorosas e o fato de passar parte da sua infância em um quarto de hospital que a fizeram perder as esperanças e o sorriso.


Nova visão

Durante todo o tempo de tratamento da Luisa vários conceitos mudaram nesta família e adquiriram outros valores. “Hoje somos mais solidários e vamos sempre participar das atividades do Instituto do Câncer Infantil. Já fomos convidados para dar palestras e muitas mães me procuram no Facebook para tirar dúvidas. Faço tudo com muito prazer, é uma missão que Deus me deu. Fui convocada!”, fala Denise.


Vitória merecida

Na virada de 2015 ergueram novamente as taças, agora com o agradecimento pela vida da filha. Depois de mais de um ano lutando, Lulu está curada. Vai fazer quimioterapia até novembro deste ano, mas já pode levar uma vida normal.





História - Livro tem renda revertida para o Instituto do Câncer Infantil




Família - Luisa com os pais e a irmã Laura, 10






Fique de OLHO

Alguns sintomas da leucemia


. Fadiga
. Palidez
. Infecções e febre
. Hemorragia por contusão
. Dor nos ossos e articulações
. Inchaço do abdome, rosto e braços
. Perda de peso e de apetite
. Dor de cabeça, convulsões e vômitos
. Problemas na gengiva



 

“Durante este tempo de internação da Lulu vi muitas coisas e só posso dizer que uma mãe nunca deve desistir do seu filho”.

Denise






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 118 - outubro de 2017

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601