Reportagens Edição 87 - dezembro de 2014

Presente sem ERRO


Natal está ligado à troca de presentes, não há como evitar. Mas na hora de presentear sempre surgem dúvidas: quanto gastar, o que comprar, quem vai receber uma lembrança? LINDA ajuda a fugir dessas saias justas.

 

 

1  Presente não é obrigação. Quem quiser presentear só os mais próximos pode fazê-lo. Se o orçamento está curto, o amigo secreto é uma ótima opção.


2  Se o bolso do Papai Noel tiver condições, resguarde o lugar de pessoas que tornam sua vida mais fácil e segura: porteiro, zelador, empregada, faxineira, etc. Algo simples, como um panetone ou outra guloseima natalina, já dá o recado.


3  Presente caro não é sinônimo de presente bom, muito menos de obrigação de dar outro tão ou mais caro para quem lhe presenteou.


4  Se vai dar lembrancinhas a todos os amigos, evite comprar a mesma coisa para todos. Tente presentear de acordo com o gosto de cada um. É um gesto de carinho pensar no que o outro gosta!


5  Dar um cartão junto com o presente ou simplesmente sem nada junto é sempre um gesto simpático, mas nada de apenas escrever “Boas festas” e assinar seu nome. Escreva algumas palavras e personalize seu cartão.


6  Errar na escolha do presente é algo que acontece, mas não fique lembrando eternamente que a pessoa errou no seu presente na hora que escolheu. Esqueça!


Se recebeu um presente que não gostou e tem a possibilidade de trocar, faça isso. Quem lhe deu vai preferir que troque por algo que aproveite do que deixar esquecido numa gaveta.



8  Uma das coisas mais legais de se receber um presente é saber que a pessoa pensou em você, saiu para comprar, escolheu algo que achou que combinava com você. Então, deixe os cheques-presente só para a última opção, quando realmente não deu tempo de escolher algo ou quando não tem muita intimidade e não conhece os seus gostos.
 






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601