Reportagens Edição 86 - novembro de 2014

Sem espaço para SOLIDÃO


Uma boa casa de repouso pode dar mais alegria e longevidade à vida dos idosos

 

Tomar a decisão de ir ou não para uma casa de repouso nunca é fácil. O assunto traz consigo muitos preconceitos e a ideia de abandono. Entretanto, pensando por outro lado, também é uma forma de abandono um idoso estar sozinho em casa (com suas limitações e necessidades).

Na balança, se não há quem possa cuidá-lo, viver em um lar onde pode conviver com quem está na mesma fase da vida e ter várias atividades de lazer pesa a favor, contribuindo para a alegria do dia a dia. Segundo a administradora do Solar do Sossego Resort & Spa, Janaina dos Santos Lopes, 24, quando os idosos estão em um lar acabam criando vínculos afetivos, se divertem e ainda se nota uma melhora na qualidade de vida.

ISOLAMENTO FAZ MAL – “Apesar de que algumas pessoas prefiram viver sozinhas, acredito que não faz bem para ninguém estar isolado. Por isso, nada melhor para os idosos do que conviver com pessoas da mesma idade, que normalmente estão passando por situações parecidas. Eles acabam se entendendo e se ajudando”, observa Janaina. A escolha da casa é muito importante e deve ser muito bem analisada pelos familiares. “Ela deve vir para somar à vida do idoso”, completa a administradora, que oferece um local confortável e com assistência e sem que seus moradores percam a privacidade.




“Acredito que não faz bem para nenhum idoso viver sozinho, isolado”.


                                                                                                                                                                               JANAINA
 






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 118 - outubro de 2017

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601