Reportagens Edição 84 - setembro de 2014

Não quero nem ouvir


Leitores completam a frase: “Fico decepcionado(a) quando escuto...”

 




“Palavras de indiferença com os problemas que assolam nosso cotidiano”.  
Ana Paula Proença, 39, advogada



“Uma mentira”.    
Kátia Kondra, 33, gerente administrativa



“Maledicências sem nenhum fundamento”.    
João Ricardo Santos Tavares, 44, promotor de justiça

 

Crédito: Robispierre Giuliani





“Pessoas que não fazem e depois ficam se lamentando pelo insucesso. Com tantas oportunidades, é triste ver quem tem um grande potencial ficar como expectador da vida”.
Mariane Paiva, 23, educadora física



“Falar sobre longas filas de espera por atendimento em hospitais públicos no Brasil, sobre a falta de leitos e sobre o esgotamento físico e psicológico dos profissionais de saúde, que tentam, de maneira heroica, superar as
dificuldades”. 
Júlia Gaspary, 23, médica



“Que a cada dia aumenta o número de crianças em adoção, assim como cresce a fila de quem quer adotar. Então, por que não se cria um facilitador, permitindo que elas tenham uma vida digna?”.
Aline Morin Alves, 28, fonoaudióloga



“Que Cachoeira não tem jeito. Vivi 14 anos longe daqui e estou muito feliz em ter voltado. Oportunidades estão aparecendo todos os dias. Temos muito a melhorar, mas não estamos parados, e esta trajetória será mais fácil quanto menor número de cachoeirenses pensar e agir como se a cidade não tivesse jeito”.   
Rubem Beraldo dos Santos, 48, cirurgião-dentista
 






BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601