Reportagens Edição 76 - dezembro de 2013

Comece já o DESAPEGO!


Entre em 2014 com espaço sobrando para o novo

 

Que atire a primeira pedra quem não tem ou já teve um brinquedo guardado que não usa mais, um jeans que há anos não serve ou objetos que só acumulam pó. Segundo a psicóloga Liana Melchiors, 29, sendo seis anos de profissão, muitos têm dificuldades em desapegar de algumas coisas e usam a desculpa de que um dia poderão precisar delas. “Elas associam o objeto a um bom momento de suas vidas e depositam valor sentimental nele. Então, desfazer-se dele pode causar muito sofrimento”, observa.


Entretanto, o apego excessivo pode ser muito perigoso. Além de ter em casa gavetas e armários abarrotados de coisas inúteis, dando a sensação de desleixo, quem não se desfaz do que não precisa pode estar desenvolvendo uma compulsão por armazenamento. “Neste caso, podem aparecer sintomas como ansiedade, medo e depressão. Há medo de perder, ou já perderam algo e não souberam lidar com isso”, explica Liana.


QUANDO VIRA DOENÇA – Os acumuladores, em casos mais graves, podem estar mostrando um sintoma de transtorno obsessivo compulsivo (TOC) e a ajuda de um profissional é muito importante. “Para quem simplesmente guarda coisas por mero apego, é preciso o entendimento de que outros podem se beneficiar com roupas e objetos que não estão em uso”, conclui a psicóloga.





Comece hoje mesmo o desapego, ajude quem precisa e, de quebra, inicie 2014 com espaço para o novo:

. Comece por refletir a importância do objeto e a necessidade de guardá-lo;

. Pense em possíveis destinos para ele;

. No caso de roupas, por exemplo, se não usamos durante toda uma estação certa peça, possivelmente não a usaremos no próximo ano;

. Quanto às crianças, é importante ensiná-las a doar brinquedos e roupas que não estão em uso. Também estimule a solidariedade e o desapego.





 

 

 

 

 

 

 

"As lembranças dos bons momentos que vivemos devem ficar em nossa memória apenas. Os objetos doados podem levar novas alegrias a quem recebe."
Liana
 






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 118 - outubro de 2017

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601