Reportagens Edição 76 - dezembro de 2013

Conflitos familiares no Natal?


Não caia nessa armadilha! Saiba como driblar 10 saias justas que podem estragar sua festa

 

Natal é para ser comemorado com alegria, o que não é nenhuma novidade. Entretanto, nem sempre serve para evitar conflitos, especialmente os familiares. LINDA identificou 10 saias justas que podem surgir e a psicóloga e psicoterapeuta Rose Mary Trombini Caldas, 55, sendo 29 anos de profissão, ensina como sair bem delas.



1 Os pais querem passar a noite de Natal com os filhos e eles querem passar na casa da(o) namorada(o).
A família é a base do equilíbrio do ser humano, e sua união não deve ser deixada de lado numa data como esta. A ceia deverá ser feita com a família para, somente após esta comemoração, ocorrer o encontro com o(a) namorado(a). A família é insubstituível e deve ser priorizada sempre.


2 Mais agitados, os adolescentes se incomodam porque querem que o Natal acabe cedo em casa para poderem encontrar os amigos depois da ceia. 
Não altere a programação familiar. Combine que ele poderá encontrar com os amigos após a ceia em família. Reunir um grupo de amigos dele na sua própria casa antes da balada poderá acalmá-lo.


3 Os primos ganham o presente que seu filho pediu, mas você não teve dinheiro para comprar e ele fica emburrado.
Não faça sacrifícios para não frustrar seu filho. Ele deve entender que não se consegue tudo o que se deseja.


4 O adolescente viaja e a mãe quer falar com ele à meia-noite do Réveillon, mas não consegue.
Para evitar estresse, combine com ele um horário para se falarem, mas domine sua ansiedade. Na euforia da festa, poderá não lembrar ou não conseguir completar a chamada.


5 Seu filho descobre que Papai Noel não existe.
O mito do Papai Noel faz parte da infância, mas chega uma hora em que a criança deixa de acreditar, e é natural. O diálogo é importante nesse momento. Os presentes ainda devem continuar a ser colocados embaixo da árvore de Natal, afinal, o espírito natalino não deixa de existir, embora quem presenteie seja o papai e a mamãe reais.


6 No amigo-secreto da família, você tirou um parente que não vai com a sua cara, nem você com a dele.
Se você entrou na brincadeira, está sujeito a isso. Quem sabe, esta é a oportunidade de entrar no clima natalino e resgatar algo que ficou mal resolvido.


7 Durante a ceia de Natal, o filho não desliga o joguinho eletrônico.
Certamente ele já possuía este hábito anteriormente. No entanto, deve ser limitado. Tente trazer seu filho para o grupo conversando com ele sobre assuntos que ele domine ou se interesse mais.


8 Você está brigada com a sua sogra e a festa de Natal será lá.
O melhor é conversarem e entenderem-se antes da festa, para que tudo ocorra num clima de harmonia e paz, que se refletirá em toda a família.


9 Neste ano, seu marido passará o Natal com os filhos do primeiro casamento.
Você deve ter maturidade para não disputar a atenção e o amor do seu marido. Afinal, o relacionamento deles é anterior e filhos são para sempre.


10 O marido convida um amigo de fora da cidade para passar o Natal em casa, mas não dá tempo de você comprar os presentes para os filhos desse amigo.
Seja criativa e faça cartõezinhos com mensagens. O convite para o encontro já é um presente.
 






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 118 - outubro de 2017

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601