Reportagens Edição 73 - setembro de 2013

Boas de BOCHA


Mulheres estão dando show no esporte

 

Num esporte onde os homens ainda são a maioria, as mulheres precisam ter atitude para se destacar – e isso não falta para o time feminino que treina bocha na Sociedade Rio Branco. A professora aposentada MARIA REGINA DA SILVA HICKMANN, 56, é uma das sete integrantes da equipe. A bocha é muito importante na minha vida. Faz bem para o corpo e para a mente, além de aumentar o círculo de amizades”, observa ela, que joga há 25 anos.

 

 

 




 

AS COMPANHEIRAS DE GINA NO TIME DE BOCHA

 

 

 

 

 

 

“Comecei a jogar para acompanhar meu marido. No início era um hobby, mas depois quis treinar com o objetivo de superar limites”.
Adelina Dickow, 52, professora aposentada

 

 

 

 




 

 

 

 

 

 

 

 

“Iniciei a prática da bocha em 1997, no Clube Sarandi Riverano Uruguai. Naquela ocasião, residia em Santana do Livramento, na fronteira gaúcha”.
Maria do Carmo Loreto Moreira, 55, professora aposentada

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Jogo bocha e bolão há mais de 20 anos. Com certeza, nós, mulheres, temos nos destacado porque somos mais persistentes e guerreiras”.
Izara Pereira, 56, comerciante

 

 

 

 

 

 





 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Comecei a jogar bocha em 1984 e desde então não parei mais”.
Édila Quadros da Rosa, 50, aposentada

 

 

 

 

 

 

 





 

 

 

 

 

 

 

“Comecei a jogar em 1989. Desde que as mulheres daqui começaram a jogar, têm se destacado, pois noto que elas capricham mais e se concentram muito para jogar”.
Noraci Oliveira dos Santos, 57, comerciante

 

 

 

 

 

 

 

 




 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Jogo bocha há 27 anos e adoro. Encaro a bocha com seriedade, entro na cancha pra ganhar”.
Neusa Regina Pohlmann, 43, dona de casa

 

 

 

 

 






 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A CHEGADA DELAS


Foi em 1967 que as mulheres começaram efetivamente a jogar bocha em Cachoeira do Sul. Neste ano, o casal RUBEM, 79, e LILIAN SCHWAB, 80, fundou o grupo de casais jogadores de bocha da SRB, o Pioneiros. Ao lado deles, que se mantêm até hoje na ativa, o presidente da Liga Cachoeirense de Bocha, aposentado Paulo Ricardo Iserhardt, 58, é só orgulho quando fala das mulheres praticantes do esporte. Segundo ele, desde que as atletas femininas começaram a jogar, os títulos cresceram consideravelmente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

Bocha é um esporte onde é preciso lançar bochas (bolas) o mais perto possível de um bolim (bola pequena). O oponente deve jogar suas bochas o mais perto possível do bolim ou afastar as bochas dos adversários.

 

 

 

 

 



Créditos: Clerber Rosa

 






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 118 - outubro de 2017

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601