Reportagens Edição 73 - setembro de 2013

Viver para sonhar e.... realizar!


Sonhar não custa nada e faz bem para o coração, mas realizar o desejo sempre tem um preço

 

Imaginar coisas lindas e situações maravilhosas em que gostaria de viver é mergulhar num mar de emoções e se deixar levar pelos pensamentos. O que seria da vida sem nossos sonhos para correr atrás ou, simplesmente, para afastar pensamentos ruins e curtir um mundo imaginário e de fantasias? Alguns sonhos parecem inalcançáveis e outros estão tão perto que com dedicação e muito foco se consegue conquistar.
A arquiteta e urbanista CRISTIANE LAWALL PLAUTZ, 30, é uma sonhadora assumida. “Algumas coisas vêm ao acaso, como presentes de Deus, mas para concretizar a maioria dos nossos sonhos precisamos de planejamento”, observa. Foi com esse planejamento que ela conquistou seus desejos, como ter a profissão de arquiteta e urbanista e recentemente ter passado sua lua de mel no Caribe (México).
O casamento no civil com o engenheiro agrícola, Marcelo Reichel da Rocha, 32, aconteceu em Cachoeira com uma recepção íntima aos familiares, mas uma grande emoção estava por vir. “Viajamos com um grupo de amigos para o Caribe e eles prepararam uma surpresa incrível para nós. Casamos a segunda vez por lá. Recebemos a benção católica e evangélica com aquele mar paradisíaco de fundo e em um altar montado na praia”, diz Cristiane, que é só sorrisos ao lembrar desses momentos. “Ter a oportunidade de estar naquele paraíso, curtindo a lua de mel dos sonhos com o amor da minha vida, extrapolou as expectativas. Isso já estaria de bom tamanho para se tornar inesquecível, mas o fato de casar lá... sem palavras!”, completa a arquiteta.

 

 

Cristiane com Marcelo em foto feita ao final da cerimônia de casamento, realizada durante a lua de mel no Caribe




"Graças ao carinho de amigos queridos, como a Mariângela Pontes, o sonho de passar a lua de mel no Caribe se tornou ainda mais fantástico com a organização do nosso segundo casamento por lá."
Cristiane

 

 

 

 

 

Quanto custa casar no Caribe?


Conforme pesquisa realizada por LINDA, pacotes de viagem para o Caribe custam a partir de R$ 3,5 mil por pessoa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sonhando alto


A palavra persistência é bem conhecida por ADRIANA BICCA ALVES, 29. Para realizar o sonho de ser comissária de voo ela teve que insistir muito e desembolsar algum dinheiro. O esforço valeu a pena e ela se sente satisfeita. “Um dia pode ser que eu não trabalhe mais na aviação, mas vou estar plenamente realizada e feliz, porque eu consegui”, diz. Adriana fez o curso no ano de 2005 em Porto Alegre. As aulas eram sábado e domingo e ela viajou todos os finais de semana durante seis meses. Nesta época teve que ficar desempregada e usou todas as economias que tinha para investir no curso.
Quando as aulas acabaram a comissária passou por outra dificuldade: conseguir trabalho. E não era qualquer um que ela queria, ela sempre teve bem focado que queria ser funcionária da TAM, isto fazia parte do seu sonho. Parecia que a espera não seria tão longa e em maio de 2006 ela foi chamada para uma seleção na TAM, mas não foi aprovada.
A comissária buscou oportunidades na empresa Gol. Também foi reprovada, desta vez porque foi considerada com seis quilos acima do peso ideal. Passaram-se 18 meses e finalmente era hora de tentar de novo a TAM, seu grande sonho. “Fiz três seleções e eram muitas pessoas disputando as vagas. Só que neste dia minha estrela brilhou e algo dentro de mim dizia que eu já estava dentro”, conta ela, que assumiu a função em junho de 2008.
IDAS E VINDAS – Adriana mora em Cachoeira, mas mantém um apartamento em São Paulo onde fica quatro vezes por mês e o resto do tempo fica em hotéis. A vida é corrida, mas ela adora e diz ser um privilégio tomar café no sul e almoçar no nordeste. “Minha profissão não é só glamour, ralamos muito, não é fácil ficar sozinha, sem horário e sem dia certo, mas se você ama o que faz, nem percebe e o tempo voa. Amo o meu escritório no céu. É lindo ver o por do sol lá em cima”, conta Adriana.

 

 

 

 

Quanto custa ser comissária de voo?


Curso em torno de R$ 2 mil, prova para exercer a profissão R$ 150,00, exames médicos R$ 400,00. Total R$ 2.550,00. Mais despesas com idas a Porto Alegre para fazer o curso e para São Paulo para participar das seleções.




Crédito: Alternativa Produtora

 

 

 

 

 

 

Sonho em família


Ter o próprio negócio é o sonho de muitos e precisa de bastante planejamento para que tudo dê certo. As irmãs TATIANA, 38, e ADRIANA LOPES, 42, resolveram se aventurar e abrir uma loja na cidade. “Sempre acreditamos que íamos conseguir”, fala Tatiana. É com esta determinação e confiança que elas inauguraram a loja Linda neste ano. “Eu disse para a Adriana que tinha vontade de abrir uma loja, e resolvemos ficar sócias. Encaramos tudo e fomos atrás do sonho, projetamos cada detalhe e adoramos o resultado”, diz Tatiana. A partir desse dia o objetivo foi traçado e foram atrás de fornecedores, lugares diferenciados e produtos de qualidades.
A loja, que vende bijuterias, semi-jóias, prata e ouro, ficou pequena para as irmãs. Recentemente elas aumentaram e começaram a vender bolsas também. “Acordar de manhã e abrir nossa própria loja é uma alegria muito grande, é ver o nosso sonho transformado em realidade”, fala Tatiana. Além da sociedade, as irmãs ganharam outro bem precioso com esta história. “Estamos cada vez mais unidas e hoje somos muito mais amigas uma da outra”, conta Tatiana, emocionada.

 

 

Adriana e Tatiana: irmãs realizaram o sonho de abrir juntas duas lojas

 

 

 

 

 

Quanto custa abrir uma loja de joias e semi-joias?


Cerca de R$ 45 mil.


 






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 118 - outubro de 2017

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601