Reportagens Edição 71 - julho de 2013

O inglês do dia a dia


Falar inglês é essencial não só para o mercado de trabalho, mas também para lazer e entender as palavras que nos cercam

 

Engana-se quem pensa que falar inglês só é importante para quem vai viajar e trabalhar na área internacional. O inglês está a nossa volta e é requisito obrigatório para diversas oportunidades de trabalho e para entrar em um máster ou doutorado. Mais que isto, usamos no dia a dia várias palavras em inglês. Tudo isto sem falar nos computadores, que estão minados delas!

Segundo o sócio-proprietário e professor da escola de idiomas Wizzard, ADOLFO CHÁVEZ TORRES, 53, além de entender mais do mundo a sua volta, quem fala inglês tem outras grandes vantagens. Por exemplo, quando for fazer uma viagem internacional vai aproveitar muito mais do que a pessoa que não entende nada. Problemas de comunicação podem nos tirar do sério e privar de atividades legais como visitas guiadas.

Para dominar a língua pode demorar, segundo Chávez, de dois a quatro anos, dependendo da disponibilidade de cada um. Mas para quem começa um curso, em apenas algumas semanas já consegue desenvolver alguns diálogos.

 

 

 

 




Algumas palavras são tão comuns no nosso dia a dia que, às vezes, nem nos damos conta que não pertencem à língua portuguesa.

BROWSER – navegador
DRAG QUEEN – travesti, homem vestido de mulher
HIT – sucesso, canção que faz sucesso, música
HOME THEATER – cinema em casa
HOME VIDEO – vídeo doméstico
LINK – ligação, usado em informática
RUSH – tráfego muito intenso
TALK SHOWS – programa que mistura jornalismo e distração como entrevistas, músicas e esportes
MOUSE – rato: periférico de computador, em informática
PLAY – reproduzir, tocar, reprodução de música ou vídeo
PERFORMANCE – desempenho
PIERCING – perfuração ornamental em orelhas, umbigos, etc
PUB – bar, cervejaria
RANKING – classificação, quadro de classificações
REMAKE – regravação
REMIX – mistura de música
SHOPPING CENTER OU APENAS SHOPPING – centro de compras, centro comercial
SINGLE – compacto, versão pequena
SITE – sítio, em informática
OUTDOOR – anúncios, propagandas enormes que são expostas nas ruas
WIRELESS – conexão sem fio
SHOW ROOM – sala de exposição
NOTEBOOK – significa caderno, mas usamos para nos referirmos a um computador portátil
PET SHOP – pet é animal de estimação - shop significa loja, mas usamos como um estabelecimento comercial especializado em vender filhotes de animais, alimentos e acessórios
HAPPY HOUR – literalmente significa “hora feliz” mas pode se entender como “momento de alegria”


 






EDIÇÃO IMPRESSA


Edição 118 - outubro de 2017

BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601