Reportagens Edição 59 - junho de 2012

Cuidado com o frio


Veja como prevenir as principais doenças que afetam as crianças no inverno

O frio já chegou e a primeira coisa que os pais fazem é encher as crianças de toucas, luvas e casacos. Quem tem filho sabe: é no outono e no inverno que as crianças mais sofrem com os problemas respiratórios. “Quanto mais cedo for diagnosticado, melhor. É importante conhecer os fatores desencadeantes do problema para agir corretamente”, afirma a pediatra Josane Freitas Caldas Dutra, 52 anos, sendo 26 de profissão, que esclareceu quais as doenças mais comuns que chegam junto com o frio e o que se pode fazer para evitar esses desconfortos.









GRIPE E RESFRIADO

A criança espirra sobre um brinquedo e, minutos depois, outra toca no lugar e leva a mão ao nariz ou à boca e pronto: já está contaminado. O resfriado afeta nariz, ouvido ou garganta, provocando coriza, irritação das mucosas, tosse e espirros. Se for gripe, os sintomas costumam ser mais intensos e incluem febre alta, dores musculares, cansaço e dificuldade para respirar, situação em que a criança deve ser levada ao médico para verificar se existem outras doenças associadas.


LARINGITE

A laringite é a inflamação da mucosa da laringe, a parte superior da traqueia. Algumas vezes a causa é viral, outras, por reação alérgica. Em geral, a criança fica com falta de apetite, febre, coriza e rouquidão.


PNEUMONIA

Processo infeccioso do pulmão que acomete crianças de qualquer idade. Deve ser diagnosticado e tratado de acordo com a gravidade de cada caso.




AMIDALITE

A criança com amidalite tem falta de apetite, dor na garganta, dor de cabeça e febre. A infecção é aguda e necessita tratamento adequado.

FARINGITE

A inflamação da faringe costuma acompanhar outras infecções das vias respiratórias. É o médico quem consegue definir com precisão se a dor de garganta é proveniente da faringe ou da amídala, pois os sintomas e até mesmo as causas são muito semelhantes.




SINUSITE

Processo infeccioso e/ou alérgico dos seios da face e que deve ser diagnosticado e tratado pelo médico.

OTITE

Essa doença, causada pelo acúmulo de líquidos no sistema auditivo, pode se agravar ainda mais durante o inverno. Muitas vezes é difícil suspeitar de um quadro de otite. No entanto, existem alguns sinais, como febre, irritação, dor de ouvido e dificuldade para mamar ou comer.




Como prevenir as doenças respiratórias

. Retire tapetes, carpetes, cortinas e bichos de pelúcia do quarto de seu filho. Troque os cobertores por edredons.
. Não entulhe coisas em estantes para evitar o acúmulo de poeira.
. Não deixe gatos e cachorros entrarem em casa. Os pelos dos animais são agentes agressores ao sistema respiratório, principalmente de quem tem asma, rinite ou está gripado.
. Evite os banhos muito quentes.
. Agasalhe a criança de acordo com a temperatura.
. Limpe diariamente a casa, evitando o acúmulo de pó.
. Estimule as crianças a lavar as mãos várias vezes ao dia.
. Ofereça bastante líquido às crianças para que elas fiquem hidratadas.
. Troque as roupas de cama da criança duas vezes por semana.
. É importante que as crianças se alimentem bem e que durmam o necessário.





BUSCADOR

Última Edição Todas as Edições

Rua 7 de Setembro, 1015 - CEP 96508-011 - Cachoeira do Sul/RS
Telefone (51) 3722-9696 - Fax (51) 3722-9601